Com o nome em evidência dentro do ninho tucano mesmo antes e principalmente agora, após absolvição no caso Confraria, o ex-senador Cícero Lucena (PSDB) reforçou, durante entrevista a uma emissora de rádio de João Pessoa nesta quarta-feira (13) que não disputará mais cargos eletivos.

De acordo com Cícero sua decisão de não concorrer mais não estava atrelada à decisão judicial, portanto ele poderá até auxiliar dando “pitaco” se for consultado, mas colocar o nome à disposição da sigla para concorrer é uma tese que o político descartou.

“A decisão que nós tomamos não estava embasada nessa questão desse processo. Até porque Deus me permitiu um ano depois na efervescência desse processo eu conseguir ser senador eleito pela bondade do povo paraibano, então essa decisão da política não tava atrelada a questão da justiça, então realmente a gente quer manter. Embora meu neto Davi, ele tem no sangue obviamente por ser meu neto a política, e por parte de pai é bisneto de Luís de Barros, então a política tá no DNA ele, então ele disse que torce para que eu seja o candidato. Mas dessa vez ele não vai ser atendido não” disse.

PB Agora

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Vereador socialista cobra realização de sessões virtuais na CMCG

Em virtude da pandemia do novo coronavírus, as sessões na Câmara Municipal de Campina Grande, foram temporariamente suspensas, sendo previstas para acontecer apenas uma vez por semana. O vereador Anderson…

PP aciona STF para suspender por 30 dias prazo de filiação

O Progressistas (PP) acionou o STF para suspender por 30 dias os prazos de desincompatibilização e de filiação partidária. A ação direta de inconstitucionalidade (ADI) foi apresentada levando em conta…