Menos de 48h após determinar a manutenção da liberdade do ex-governador Ricardo Coutinho, a justiça, através de decisão da ministra Laurita Vaz, mandou soltar Coriolano Coutinho, irmão do ex-gestor.

A decisão foi publicada na tarde desta quinta-feira (20).

Conforme movimentação processual, o documento sobre a decisão foi encaminhado para publicação para ser divulgado nesta sexta-feira (21).

No habeas corpus de Ricardo, a sexta turma entendeu que, apesar dos indícios do cometimento dos delitos investigados na Operação Calvário, não estão presentes os requisitos para a manutenção da prisão preventiva de Coutinho, especialmente porque o político já deixou o cargo de governador.

No dia 18, a defesa de Coriolano pediu a extensão do habeas corpus concedido pela sexta turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) a Ricardo Coutinho.

CONFIRA A DECISÃO

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Walter Brito Neto volta a virar pedra no sapato do MDB em CG

Assim como aconteceu nas eleições de 2018, quando tentou se impor como candidato ao Senado Federal na chapa encabeçada pelo senador Zé Maranhão (MDB), o ex-deputado federal Walter Brito Neto…

Gaeco denuncia RC e mais seis por desvio de dinheiro em obra do Canal 40

O Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco ), do Ministério Público da Paraíba (MPPB), através da Comissão de Combate aos Crimes de Responsabilidade e à Improbidade Administrativa…