A definição dos membros da a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI dos Combustíveis) seão definidos somente na semana que vem é o que fala o autor da criação da CPI o vereador governista Alexandre Pereira (PHS).

 

Segundo ele, que deseja integrar a comissão, essa definição só deverá ocorrer na semana que vem. “Tenho conversado com companheiros e vamos aguardar que o meu nome participando também. Se isso acontecer, irei cooperar dando meu apoio e sugestões” disse. Alexandre acha que a CPI deverá ouvir primeiramente as distribuidoras de combustíveis, o Procon e por último os postos.

 

A CPI tem como objetivo investigar a política de preços praticada dos combustíveis no município. A comissão vai apurar a denúncia de possível prática de cartel na comercialização dos combustíveis e os preços abusivos praticados na cidade. Entre outras irregularidades, a Casa de Félix Araújo vai investigar se os valores praticados na cidade estão acima da média e se está ocorrendo alinhamento de preços, isto é, cartel.

 

Redação

 

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

“Tudo vai depender da situação de cada município”, diz Wilson sobre efeitos das mudanças em 2020

Indicado pelo presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, como o coordenador  no Nordeste  responsável pelas eleições municipais de 2020, o deputado federal paraibano e presidente estadual do PTB Wilson Santiago,…

Presidente da ALPB e líder do Governo atribuem a Cabo Gilberto tática para embargar votações

Em entrevista a imprensa o presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba deputado Adriano Galdino e o líder do Governo, deputado Ricardo Barbosa, ambos do PSB, reclamaram da tática utilizada semana…