Desde o início oficial da campanha, a Justiça eleitoral barrou 96 candidatos com base na Lei da Ficha Limpa (veja a lista abaixo). O MDB encabeça a lista, com oito nomes. Em seguida, aparecem o Patriota e o PSD, com sete candidaturas consideradas “fichas-sujas”. Avante, Podemos, PDT, PHS e PRTB tiveram cinco registros indeferidos cada. Quatro petistas, entre eles o ex-presidente Lula, foram considerados inelegíveis. Dois tucanos também caíram na peneira da Ficha Limpa.

O total de candidatos barrados pela Justiça corresponde a 13% das 749 contestações feitas pelo Ministério Público Eleitoral a partir da lei que proíbe a candidatura de políticos com condenação em órgão colegiado, contas rejeitadas ou que renunciaram ao mandato para escapar da cassação, entre outras hipóteses.

Nem todos estão fora da disputa. Parte deles aguarda análise do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para tentar reverter a decisão negativa que tiveram no Tribunal Regional Federal (TRE). Foi o que aconteceu, por exemplo, com o candidato Anthony Garotinho (PRP), que havia sido impedido de concorrer ao governo do Rio de Janeiro pelo TRE, mas foi liberado pelo TSE no último domingo.

Três parlamentares federais barrados pelo TRE aguardam análise de recurso no Tribunal Superior Eleitoral para continuar na disputa. São eles o senador Acir Gurgacz (PDT-RO) e os deputados Roberto Góes (PDT-AP) e Macedo (PP-CE). Enquanto estão pendurados em recursos, eles podem continuar a fazer campanha normalmente.

Norte na liderança

Estados da região Norte encabeçam a lista de candidatos considerados “ficha-suja” com 27 registros indeferidos pela Justiça eleitoral. Em destaque aparecem Roraima, com 5 candidaturas rejeitadas, Acre, com 6, e Amazonas, com 5.

A região Sudeste é a segunda mais afetada, com 23 candidaturas indeferidas, sendo 19 apenas em São Paulo, estado com maior número de barrados no país. O Sul foi a região com menos candidatos enquadrados na Lei da Ficha Limpa, com sete nomes: três no Rio Grande do Sul, três em Santa Catarina e um no Paraná. Alagoas, Bahia, Paraíba e Espírito Santo não tiveram candidaturas barradas pela Justiça eleitoral com base na Lei da Ficha Limpa.

Veja a relação dos barrados na Lei da Ficha Limpa, segundo o TSE. O espaço está aberto no Congresso em Foco para candidatos que queiram esclarecer sua situação. Envie sua mensagem para [email protected].

 

Congresso em Foco

 


Certificado digital mais barato para advogados e contadores. Clique e saiba como adquirir

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Prefeito pede a Aguinaldo que 14ª Vara Federal de Patos não seja transferida

O deputado federal Aguinaldo Ribeiro (Progressistas) recebeu o pedido do prefeito Netto Gomes, da cidade de São José de Espinharas, para que auxilie na permanência da 14ª Vara da Justiça…

Suplente de deputado do PT é cotado para assumir secretaria do OD

O suplente de deputado estadual Anísio Maia (PT) pode assumir a secretaria do Orçamento Democrático no lugar do atual gestor Célio Alves. A informação vem sendo divulgada por alguns veículos…