EXCLUSIVO – Uma reunião com a direção estadual do PP, a ser realizada nesta segunda-feira (9), vai definir o destino político do ex-vereador Marconi Paiva, presidente do partido em João Pessoa. Fora da Câmara e da reforma administrativa da prefeitura, Marconi Paiva confirmou toda a insatisfação com a postura do partido e do prefeito Ricardo Coutinho (PSB) e ameaçou brigar pela aliança da legenda em João Pessoa ao projeto político do senador Cícero Lucena, do PSDB.

“Não posso ficar num projeto em que não tenho respaldo nem do partido”, disparou Marconi Paiva, que filiou-se ao PP em 1978. Segundo ele, as duas indicações feitas pelo partido para a prefeitura de João Pessoa são de figuras que nem filiadas são do PP. “Pegaram figuras de camarote. Eu defendi o partido, coloquei a direção estadual na cara do gol junto a Ricardo e agora não tenho respaldo algum”, questionou Marconi Paiva.

Tudo isso será exposto em reunião marcada para esta segunda-feira com o deputado estadual Agnaldo Ribeiro, vice-presidente estadual do PP.  Na terça, inclusive, ele já marcou uma reunião com o diretório municipal da legenda. “Querem que eu compre uma briga pelo retorno do PP à base do PSDB em João Pessoa”, ameaçou, que admite ainda deixar a presidência do partido na Capital. O PP fez duas indicações para nova equipe do prefeito. Uma delas, Paulo Dure, para a Secretaria de Ciência e Tecnologia do município.

Sobre o prefeito Ricardo Coutinho, Marconi Paiva também foi duro. “Fui coerente com o prefeito, cheguei a deixar a secretaria para voltar à Câmara para votar em projeto de seu interesse e fui crucificado na campanha”, declarou.

Depois de mais de quatro meses de molho, o ex-vereador Marconi Paiva, resolveu romper o silêncio e revelar que já encaminhou, após as eleições, três pedidos para uma audiência com o prefeito e não foi atendido.
 

PB Agora

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Análise: Tião Gomes acusa falta de lisura à OS que administrará o Trauma e João deve escutá-lo para evitar uma nova ‘Calvário’

O governador João Azevêdo (sem partido) deve iniciar a semana com um provável problema no que diz respeito à lisura da Irmandade de Santa Casa de Misericórdia de Birigui, do…

Galdino avalia que governo Bolsonaro e fogo amigo são desafios de João Azevêdo

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, deputado Adriano Galdino, fez uma breve análise do primeiro ano de gestão do governador João Azevêdo e destacou os desafios que o chefe…