Por pbagora.com.br

Durante convenção municipal do PMDB em Santa Rita, nesse sábado (19), o senador José Maranhão (PMDB), afastou qualquer possibilidade de aliança política na disputa pelo governo do Estado nas próximas eleições estaduais.

 

De acordo com o senador e presidente estadual do PMDB, os deputados federais Hugo Motta e Veneziano Vital do Rêgo são os nomes que poderão disputar o Governo pela sigla em 2018.

 

Maranhão teria afirmado que o PMDB necessita fazer o próximo govrnador da Paraíba e que possui grandes nomes para isso.

 

"O PMDB é um partido grande que tem excelentes quadros para entrar na disputa" pontuou o senador.

 

No último final de semana, na cidade de Patos, o senador José Maranhão teria dito que Hugo Motta "tem todas as características de uma grande liderança, inclusive de ser lançado como candidato a governador".

 

Nos bastidores, a declaração teria causado alvoroço, jé que poderia ser o início de um novo embate dentro do próprio PMDB, depois do conflito envolvendo os deputados Manoel Junior e Gervásio Maia pelo controle da sigla em João Pessoa, Vené e Hugo agora poderiam travar um duelo pela preferência do partido a encabeçar a chapa peemedebista em 2018.

 

Durante a semana, inclusive, a possibilidade de desfiliação de Veneziano do PMDB foi amplamente divulgada, tendo o deputado Rômulo Gouveia admitido convidar Vené para o PSD.

 

Por sua vez, José Maranhão teria reconhecido a importância de Veneziano para o partido e afirmado que é contra a saída do parlamentar da legenda.

 

Procurando talvez acalmar os ânimos dentro da sigla, Maranhão, que já defendeu o nome de Veneziano para disputar a PMCG em 2016, pode ter voltado a citar o nome de Vené como possível candidato ao governo do Estado.

 

PB Agora

Notícias relacionadas

Efraim Filho já conta com apoio de 80 prefeitos e fortalece base na busca pelo Senado

Em entrevista, o deputado federal Efraim Filho revelou que já conta com o apoio de 80 dos 223 prefeitos da Paraíba na busca pela disputa por uma vaga no Senado…

Na PB, PSOL aponta prejuízos para servidores com reforma administrativa

O ex-presidente estadual do PSOL, Fabiano Galdino, comentou postura de deputado paraibano contra a PEC 32, que discute a Reforma Administrativa na Câmara dos Deputados. Em seu perfil nas redes…