O governador José Maranhão (PMDB) lidera, com bastante folga, a lista dos candidatos com maior índice de rejeição na disputa pelo Governo do Estado, nas eleições de 2010, segundo a pesquisa do Instituto Opinião/PB Agora. Em praticamente todas as categorias (faixa etária, escolaridade e renda familiar), Maranhão reúne os maiores índices de entrevistados que não votariam de jeito nenhum para governador, com 23,2%.

A maior rejeição de Maranhão é entre os jovens (16 a 24 anos), com 26,2% e, com 25,2%, entre os de média idade (35 a 44). Também dispõe de um índice muito alto entre os estudantes de ensino médio (24,6%) e entre aqueles com renda entre 3 a 5 salários mínimos.

Nas regiões pesquisadas, o maior índice de rejeição de José Maranhão é no Agreste, com 27,1%, onde estão incluídas Campina Grande e região, além do brejo e parte do curimataú.

Em outras duas regiões, o fenômeno de rejeição se repete. Na Borborema (23,6%) e no Sertão (26,3%).

Só na região da Zona da Mata, o governador Maranhão consegue ficar em segundo lugar (18%). O senador Cícero Lucena (PSDB) o supera em rejeição (21,2%).

Cícero Lucena desponta como segundo colocado no levantamento feito sobre rejeição entre os candidatos (16,9%), seguido de Efraim Morais (11,0%), Luiz Couto (7,0%), Ricardo Coutinho (5,0%) e Veneziano Vital do Rêgo (4,3%).

 

 


PB Agora

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Covid-19: prefeito Zenóbio Toscano segue internado e quadro de saúde é estável

Afastado da prefeitura de Guarabira desde o mês de maio de 2019 para se recuperar de um Acidente Vascular Cerebral Isquêmico (AVCI), o prefeito Zenóbio Toscano (PSDB) segue internado, após…

João exalta parceria com prefeituras: “O nosso partido hoje é contra o coronavírus”

Nesta sexta-feira, dia 05, o governador João Azevêdo exaltou a parceria entre o governo do Estado e algumas prefeituras paraibanas, mesmo aquelas que não possuem o mesmo posicionamento político, com…