Por pbagora.com.br

Maranhão insiste na aliança e diz que, em 2004, RC teve apoio do PMDB quando não tinha chances de vencer

O pessimista já começa errado. Foi citando uma frase do presidente Juscelino Kubistchek que o governador José Maranhão (PMDB), em entrevista à emissora de rádio em Cajazeiras, nesta sexta-feira (31), declarou que ainda aposta na aliança do PMDB com o PSB do prefeito Ricardo Coutinho para as eleições majoritárias de 2010.

Maranhão descartou que tivesse qualquer inimizade política ou pessoal com o prefeito da Capital, e apelou para o passado. “Em 2004, apoiamos Ricardo quando ele era candidato da oposição sem muitas possibilidades. Foi um apoio tão grande que tiramos um candidato do PMDB a prefeito (Manoel Júnior) para unirmos a oposição”, declarou o governador.

O governador cumpriu na sexta extensa agenda no sertão paraibano. Em Cajazeiras, entregou sede do projeto Cooperar e anunciou obras do aeroporto da cidade.

 

PB Agora

Notícias relacionadas

PSOL critica pressa de Hugo Motta para privatizar Empresa de Correios

O ex-presidente estadual do PSOL, Fabiano Galdino, criticou hoje a iniciativa do deputado federal Hugo Mota (Republicanos/PB) de pedir urgência para a apreciação de PL 591/2021 que propõe a privatização…

Secretário executivo de Saúde da PB recebe título de Cidadão Paraibano

O título de Cidadão Paraibano foi concedido ao médico Daniel Gomes Monteiro Beltrammi, secretário executivo de Estado da Saúde. A honraria foi publicada na edição do Diário Oficial do Estado…