Apesar de o MDB já ter lançado oficialmente o ex-ministro Meirelles para sucessão presidencial e o candidato já ter, até mesmo, participado do guia eleitoral com o slogan "Chama o Meirelles", o senador paraibano e candidato ao Governo estadual, José Maranhão, do mesmo parrtido, não está empenhado em colar sua campanha a do correligionário.

Em entrevista ao programa Arapuan Verdade, do Sistema Arapuan de Comunicação, nesta quinta-feira (13), Maranhão disse que não tinha conhecimento da consolidação da candidatura do ex-ministro e que, até agora, ninguém da nacional o convocou para pedir apoio.

"Eu estou esperando, ainda estou esperando, que o candidato do partido se apresente para conversar, para dizer sobre a sua candidatura, pois eu quero transferir essa informação aos meus correligionários. Eu não tenho, ainda, uma posição formada, mas o normal é que apoiemos o candidato do partido", disse.

Sobre os boatos de que não aceitaria receber Meirelles, em sua campanha, na Paraíba, Maranhão negou e afirmou que essa não era a forma dele agir.

"Pergunta ao povo brasileiro quem é o candidato. Eu sou partidário. Se o partido bater o martelo que o candidato é ele eu votarei nele", disse.

Na entrevista, os repórteres alertaram a Maranhão que a candidatura do emedebista já estava homologada, e Maranhão arrematou: "Aonde é que está a campanha? Não está muito clara ainda. Eu estou aguardando que ele venha a Paraíba para conversarmos e ele apresente seu nome oficialmente", arrematou.

 

Márcia Dias

PB Agora

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

João Azevêdo sinaliza apoio a Dr. Érico para as eleições em Patos

Pré-candidato à prefeitura da cidade de Patos, o deputado estadual de primeiro mandato, Doutor Érico (Cidadania) que em março deste ano, em entrevista ao PB Agora, destacava que sonhava em…

Efraim sugere usar máquinas de cartão para redirecionar recursos emergenciais a empresários

Depois que o programa do governo federal para financiar a folha de pagamento não teve a adesão esperada dos empresários, parte dos recursos deve ser redirecionada a uma nova linha…