Diante dos convites de filiação feitos pelo PSB e também pelo DEM ao deputado federal Veneziano Vital do Rêgo, o senador Raimundo Lira e o também senador e presidente estadual do PMDB José Maranhão têm trabalhado no intuito de manter o ex-prefeito de Campina Grande na sigla.

A iniciativa partiu logo após a senadora Kátia Abreu ser expulsa do partido por ter feito duras críticas ao PMDB, além de ter votado contra o direcionamento dado pela legenda em matérias pautas no Câmara Federal, atitude também adotada por Veneziano, a exemplo da reforma trabalhista aprovada na Casa, sem o voto do parlamentar.

O senador Raimundo Lira, membro da executiva Nacional do PMDB, afirmou que enquanto ele e Maranhão estiverem na cúpula da sigla, Veneziano não será alvo de expulsão do partido. "A possibilidade de Veneziano vir a expulso do partido não existe. Fazemos parte da Executiva nacional eu e o senador José Maranhão, somos amigos e conhecemos a história do deputado Veneziano dentro do PMDB e, portanto, essa possibilidade é praticamente impossível de passar na Executiva", garantiu Lira.

 

PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Governador destaca importância de cumprir promessas de campanha

O governador João Azevêdo fez um balanço dos primeiros nove meses de gestão, destacando ações em áreas como saúde, educação, segurança e infraestrutura. A inauguração do Batalhão Especializado em Policiamento…

Citada na Calvário, deputada Estela coloca sigilos à disposição da Justiça

A deputada Estela Bezerra (PSB) que foi citada na Operação Calvário, colocou os seus sigilos bancário, patrimonial e telefônico à disposição da Justiça. A decisão foi informada através de nota…