Por pbagora.com.br

Presente à coletiva de imprensa, nesta quinta-feira (10), que oficializou a médica Tatiana Medeiros (MDB) como vice na chapa do deputado estadual Inácio Falcão (PCdoB), o senador José Maranhão, presidente estadual do partido, ressaltou a união como sendo a quebra de um padrão, a coragem de fugir do lugar comum, para unir forças em prol de um único propósito – Campina Grande e não de determinados grupos políticos.

“Estou alegre, satisfeito, feliz porque você Inácio e Tatiana tiveram a coragem de fugir do lugar comum, para assumir uma posição de quem tem compromisso com a sociedade, de quem coloca os interesses coletivos acima de qualquer interesse pessoal. Vocês não estarão sozinhos, contarão com a maioria. Se por um lado nas últimas décadas tenha havido um certo conformismo nos resultados eleitorais, CG já deu exemplos históricos de rebeldia”, ressaltou.

No discurso, Maranhão também parabenizou a médica Tatiana Medeiros pelo gesto de renunciar à cabeça de chapa para se alinhar ao MDB, que é um partido menor.

“Saímos daqueles modelos já conhecidos em que partidos que muitas vezes não têm sequer o vezo de posições opostas, de posição convergentes, mas consegue ultrapassar as divergências dos dirigentes e a forma de agir e trabalhar para se unirem sobre o medo de perder uma eleição mais livre e mais democrática. Foi o que acontece agora em Campina Grande e em muitas e muitas eleições. O MDB quebrou esse padrão e fez uma chapa com a decisão dos próprios militantes dos dois partidos que se compuseram em torno da candidatura de Falcão e Tatiana. Uma chapa cujo compromisso é inaugurar na administração pública modos, metologias de trabalhos novos, que permitam uma maior participação da sociedade. Parabéns aos dois. Vocês tiveram a grandeza, o desprendimento, sobretudo a nossa querida Tatiana, que crescia de forma exponencial, em todas as pesquisas. Ela renunciou a condição de candidata, para ficar ao lado da chapa de Inácio. E assim, com esse gesto, demonstra que há algo de novo na política de CG. É a desambição de quem não está aferrada aquele modelo de manutenção quase perpetua do poder, para dividi-la com o povo”, emendou.

PB Agora

Notícias relacionadas

Petista foi o único a votar contra PL que tornou atividade religiosa como essencial em JP

Indo de encontro às medidas restritivas (que incluem até toque de recolher) tomadas recentemente pela Prefeitura de João Pessoa (PMJP) – em consonância com decreto estadual – para tentar barrar…

Manoel Jr é o único prefeito paraibano a compor nova diretoria executiva da CNM

O prefeito de Pedras de Fogo (PB) Manoel Junior, que é ex-presidente da Federação das Associações de Municípios da Paraíba (Famup) é o único prefeito paraibano a integrar a chapa…