Com mais quatro anos de mandato em Brasília, o senador José Maranhão (MDB) deverá reunir os filiados do MDB após o segundo turno das eleições nacionais para avaliar a conjuntura política após o insucesso eleitoral do partido na Paraíba.

Como agremiação sempre presente nos momentos políticos mais importantes da história do Estado, o MDB deve fazer uma autocrítica em breve e iniciar um processo de reestruturação a partir da filiação de novas lideranças.  

Alguns diretórios do MDB que não seguiram a orientação partidária devem sofrer alterações em municípios importantes.

Em 2018, além das baixas votações de José Maranhão ao governo e Roberto Paulino ao Senado, o MDB da Paraíba ainda perdeu a cadeira do deputado federal Benjamin Maranhão, único representante paraibano do partido na Câmara Federal. Na Assembleia Legislativa, o MDB também perdeu o deputado estadual Julys Roberto. 

Apesar da queda significativa na sua votação, o deputado estadual Raniery Paulino conseguiu ser reeleito, restando como único sobrevivente emedebista na Casa Epitácio Pessoa. 

PB Agora

 


Veja como adquirir a certificação digital para pessoa física sem burocracia

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Meta é trabalhar: João diz que ainda não pensou em um possível 2º mandato

Ainda é muito cedo para que o governador da Paraíba, João Azevêdo (PSB) possa pensar em uma possível reeleição. Marinheiro de primeira viagem, o gestor exerce o seu primeiro mandato…

Jackson Macêdo é reeleito presidente estadual do PT da PB

A etapa estadual do 7º Congresso Nacional do PT – Lula Livre, definiu novas diretrizes as lutas políticas do Partido dos Trabalhadores na Paraíba (PT/PB). O encontro aconteceu neste sábado…