A Paraíba o tempo todo  |

Maranhão achava “uma excrecência” instalar TCM pela Assembleia

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Na Oposição, em 2008, o então senador José Maranhão (PMDB) foi um dos mais ácidos críticos da instalação do Tribunal de Contas dos Municípios.  Entre as várias entrevistas concedidas pelo atual governador, no início de 2008, uma concedida ao Programa Correio Debate e repercutida no Portal Correio dava o tom ácido das críticas à iniciativa da Assembléia Legislativa instalar o novo órgão. “É uma excrecência”, resumiu Maranhão, indignado com a proposta de funcionamento do TCM.

Em entrevista nesta sexta-feira (22), José Maranhão confirmou, de viva voz, o que apenas eram sinais de sua pouca vontade, agora como governador, de extinguir de vez o TCM. “não devemos tirar da Constituição essa prerrogativa. Quando houver necessidade, seja nesse governo ou em outro, ele pode ser instalado”, disse. ele.

Desde que assumiu o Governo do Estado, houve uma mudança radical sobre a opinião de José Maranhão em relação ao TCM. Ele tentou interromper o processo legislativo para extinção do novo órgão, em tramitação na Assembleía na forma de duas Propostas de Emenda Constitucional (PEC) – uma de iniciativa do Poder Executivo e outra de autoria da deputado Iraê Lucena (PMDB). Através de ofício à Casa, o governador chegou a propor o envio das duas proposituras para “avaliação” do Palácio da Redenção. Os deputados se recusaram a atender a solicitação.

Nesta quinta-feira (21), foi a vez do deputado Gervásio Maia Filho (PMDB), líder da Oposição, conseguir a assinatura dos deputados da base governista num requerimento em que retiravam apoio à PEC 10, de Iraê Lucena.

Leia a matéria com base nas declarações duras de Maranhão, em janeiro de 2008, contra a instalação do TCM.

 

PB Agora

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe