Após sinalizar com a possibilidade de disputar a Prefeitura Municipal de Campina Grande em 2020, o deputado estadual Manoel Ludgério (PSD), cobrou reciprocidade do seu grupo para a disputa futura.

 

“Sinto-me capaz, maduro, conheço a cidade de Campina Grande. Tenho participado desse grupo político como apoiador ao longo de 30 anos. Então, eu entendo que é a hora da reciprocidade. E eu acredito que poderemos construir esse apoio, sobretudo, o apoio do prefeito Romero, dos vereadores e de outras lideranças”, destacou

Ele se disse preparado para disputar o cargo, uma vez que, já foi  três vezes vereador do município, presidente da Câmara Municipal, secretário de Agricultura, secretário chefe de gabinete, deputado eleito para o exercício do 5º mandato sempre com votações expressivas em Campina Grande.

 

Ludgério, argumentou que todoss políticos da sua geração, que iniciaram a vida pública no final da década de 80 e permanecem até hoje, apenas ele não teve a iniciativa de ter o nome lembrado para uma disputa majoritária em Campina Grande, assim como Félix Araújo, Cássio Cunha Lima, Rômulo Gouveia, e Romero Rodrigues. Ludgério, que já foi ex presidente da Câmara Municipal campinense, disse que está credenciado para o pleito. 

“Tenho absoluta certeza, que na minha vida pública não há nenhuma conduta que possa fazer com que o meu grupo político não acredite no nosso trabalho, porque, por onde passei, honrei todas as atividades que me foram atribuídas”, completou.

SL

PB Agora

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Cidadania define apoios em Cajazeiras, Guarabira e Princesa Isabel

O Partido Cidadania na Paraíba já tem como certo seu posicionamento em importantes cidades da Paraíba como Cajazeiras, Guarabira e Princesa Isabel em relação aos nomes para a disputa nas…

Berg Lima renuncia à prefeitura de Bayeux e impõe eleições indiretas

Após não conseguir apresentar uma carta renúncia na tarde dessa segunda-feira (13), na Câmara Municipal de Bayeux, por conta da não aceitação por parte do presidente da Casa, vereador Inácio…