Por pbagora.com.br

A quatro dias da posse, o deputado federal Manoel Júnior, do PMDB, que foi eleito para o cargo de vice prefeito de João Pessoa, ainda mantém o mistério sobre o futuro político.

Sem uma resposta das possíveis “brechas” da lei para se licenciar do cargo de deputado federal a fim de assumir a titularidade da vice, o parlamentar deve acabar renunciando ao posto para o qual foi eleito nas eleições de 2016.

Nesta quarta-feira (28) ele voltou a ser perguntado se tomaria posse e, mais uma vez, ele evitou falar no assunto.
“Eu não quero sobre esse assunto, a imprensa na Paraíba inteira já está falando demais”, declarou.

Júnior, no entanto, garantiu que participará da solenidade, que acontece no próximo domingo (01), às 17h, mas não deu certeza sobre a assinatura do termo de posse. “Eu estarei lá”, antecipou.

Apesar da presença, Júnior já vem dando pistas de que não assumirá a função. Recentemente, em entrevista, ele disse que ajudaria mais a Capital se mantendo deputado federal, principalmente com a destinação de emendas de bancada.

“Eu estarei lá no dia da posse, presente, para falar para você”, disse

A imprensa voltou a instigar o parlamentar e ele respondeu apenas que “ninguém pode acumular dois cargos”’

O parlamentar foi um dos que marcou presença hoje, ao lado do prefeito, na inauguração da UPA de Cruz das Armas


 

 

 

Com informações de Henrique Lima

PB Agora

Notícias relacionadas

Frente formada por PSB, PV, PCdoB, PT e PSOL não faz oposição a João Azevêdo

A frente formada pelos partidos PSB, PV, PCdoB, PT e PSOL, que se uniram contra o facismo e a favor da população para as eleições de 2022 não tem o…

Ruy cumpre agenda com prefeitos da PB e garante emendas para saúde, educação e infraestrutura

O deputado federal Ruy Carneiro cumpriu uma agenda intensa de visitas para efetivar compromissos com prefeitos de várias cidades paraibanas. Em dois dias visitou quatro cidades: Pilõezinhos, Cuitegi, Logradouro e…