O vereador Aristávora “Tavinho” Santos (PTB, na foto ao lado) assegura que ninguém – entre todos os candidatos eleitos no pleito passado – gastou menos do que R$ 4 milhões para se eleger deputado federal. Espantado com o alto valor desta cifra, fui consultar minhas fontes ligadas aos tais postulantes a uma das 12 vagas disponíveis para a bancada paraibana na Câmara dos Deputados, em Brasília-DF, e constatei que o montante supracitado corresponde à realidade das suas respectivas campanhas.

Pedindo para sair

Tavinho me disse que se houver nova intervenção da cúpula partidária nos diretórios Estadual e Municipal da sua legenda, mais uma vez, ele vai recorrer pessoalmente ao presidente nacional petebista, o ex-deputado federal carioca Roberto Jefferson, solicitando autorização para deixar o PTB sem perder o mandato eletivo na “Casa de Napoleão Laureano”, que perdura até 2012.

Petebistas devedores

Acerca das críticas públicas e manobras internas perpetradas pelo deputado estadual Dunga Júnior, seu pai, Carlos Dunga (suplente de senador) e também pelo vereador licenciado Pedro Coutinho (atual superintendente do Instituto de Previdência do Município de João Pessoa), Tavinho diz que eles não possuem autoridade para detonar o comando do deputado federal Armando Abílio (presidente da legenda no Estado), porque todos eles estão devendo as suas respectivas contribuições financeiras obrigatórias ao Fundo Partidário, estando – portanto – irregulares perante a sigla e passíveis de punições administrativas, como perda de direito ao voto nas instâncias deliberativas, como nas reuniões da Comissão Executiva local, por exemplo.

Criticando a Setur/JP

O parlamentar está criticando a atual gestão do secretário de Turismo da prefeitura municipal de João Pessoa, Elzário Pereira Júnior, alegando que a cidade só foi devidamente divulgada durante a gestão dele como auxiliar do ex-prefeito Cícero Lucena (1997-2004), na Setur/JP, quando o nome da Capital foi exposto no Sambódromo da Marquês de Sapucaí, no Rio de Janeiro, para 150 países, via sinal internacional da Rede Globo de Televisão e também no programa “Domingo Legal”, na época apresentado por Gugu Liberato ao lado do padre Marcelo Rossi e outros artistas famosos, no SBT.

Desastre nos municípios

Tavinho Santos (que figurou na chapa majoritária do PMDB como candidato a 2º suplente de senador, eleito no pleito passado junto com Vitalzinho) disse ainda que as gestões públicas de Bayeux, Santa Rita e Cabedelo, são verdadeiros desastres político-administrativos, atribuindo totalmente a culpa desse caos urbano na área metropolitana da Grande João Pessoa diretamente aos prefeitos dessas cidades: Jota Júnior, Marcus Odilon Ribeiro Coutinho e José Régis.

Solução para o caos

O vereador do PTB da Capital explica que Santa Rita, considerada há muitos anos apenas como sendo a “Terra dos Canaviais” deveria criar era um pólo cerâmico, para poder desenvolver a cidade do ponto de vista sócio-econômico.

Salada partidária

Um movimentado almoço de natureza política, ocorrido nesta 2ª feira no restaurante Saladellas (pertencente ao empresário Alexandre Cunha) reuniu durante boa parte da tarde, o deputado federal e vice-governador eleito Rômulo Gouveia (PSDB) e os deputados estaduais João Gonçalves (tucano) e Branco Mendes (democrata).

Eleição para mesa da Assembléia

Entre uma garfada e outra, o assunto digerido na conversa oscilou em torno da eleição da futura Mesa Diretora da Assembléia Legislativa e qual é a preferência do governador eleito Ricardo Coutinho (PSB), em relação à liderança da bancada de situação, a partir de janeiro do próximo ano.

Senador eleito em férias

O ex-prefeito de Nova Iguaçu-RJ e senador eleito pelo Estado do Rio de Janeiro, paraibano Lindberg Farias (PT) que recebeu 4.213.749 votos no pleito passado, o equivalente a 28,65% dos votos válidos, está curtindo merecidas férias em João Pessoa. Ex-líder estudantil do movimento fora-Collor (“Caras-pintadas” pró-impeachment presidencial, em 1992) e ex-deputado federal, Lindberg tem 41 anos, é casado e tem dois filhos.

“Al mare” com amigos

Ele passou o último final-de-semana em casa de parentes e amigos, descansando junto com a família. O futuro senador aproveitou para fazer um passeio de barco com o ex-vereador Waldir Dowsley (“Dinho”, do PRP), navegando de lancha pelas águas tranqüilas da praia fluvial do Jacaré e na maré baixa, nas proximidades da ilhota de Areia Vermelha.

Saindo do estaleiro

Desde 6ª feira da semana passada que o advogado, publicitário e empresário do show-business, Ronaldinho Cunha Lima, retirou todas as sondas e drenos implantados em seu abdômen durante o período pós-operatório enfrentado por ele, em razão de uma cirurgia preventiva ao diagnóstico de provável futura crise de diverticulite.

Réveillon privilegiado

Ele está internado no hospital “Oswaldo Cruz”, em São Paulo, acompanhado pelos irmãos Cássio e Savigny (ambos Cunha Lima, é obvio). Ronaldinho ainda não tem previsão de quando vai receber alta médica para poder retornar normalmente ao trabalho, na Paraíba, onde está organizando junto com Mercinho Lucena o “Réveillon Privilege”, na praia de Intermares, em Cabedelo, cujo destaque na programação artística será a volta aos palcos da banda de reggae “Cidade Negra”, desta vez ao lado do cantor Tony Garrido, que havia deixado o grupo musical para se dedicar à sua carreira-solo, fazendo shows individuais, como aconteceu recentemente no palco da Dommus Hall (que funciona nas dependências do Manaíra Shopping).

Pré-candidato a prefeito

O jornalista, cantor e compositor Carlos Aranha, editor de Cultura do jornal “Correio da Paraíba”, confirmou em seu microblog na Internet que será mesmo pré-candidato a prefeito de João Pessoa, em 2012. Ele – que não possui nenhuma filiação política – disse recentemente em uma mensagem postada no Twitter, que vai articular uma aliança interpartidária para viabilizar sua pretensão de aspirar um mandato eletivo no Paço Municipal.

De olho no parlamento

Aproveitando essa onda, o empresário e publicitário Neno Rabello (diretor-presidente da Cronos Editorial, responsável pela veiculação da revista “A Semana”) também se lançou pré-candidato a vereador de João Pessoa, inclusive já com direito a slogan de campanha e tudo mais (numa clara alusão à sua deficiência visual):

– Fazendo o bem, “sem ver” a quem…

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

OUÇA: reitor da UEPB diz que estudante que fez ameaças trancará curso

O reitor da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), professor Rangel Júnior divulgou, através de um áudio compartilhado nas redes sociais, nesta segunda-feira (21), detalhes sobre o caso da suposta ameaça…

Saiba quem é a deputada campeã na concessão de honrarias na ALPB

Apesar de ser um dos direitos constitucionais de cada parlamentar estadual integrante da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) o elevado número de concessões de títulos e honrarias, vem preocupando os…