Após o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, cujo partido é o PSDB, declarar apoio ao presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), agora foi a vez do senador Raimundo Lira (PSD) também tornar público seu apoio ao capitão.  A adesão foi divulgada em entrevista realizada na tarde desta sexta-feira (5) em emissora de rádio na Capital paraibana.

Ex-MDB, Raimundo Lira afirmou que Jair Bolsonaro vem sendo injustiçado e que refletiu muito antes de tomar esta decisão. "Eu pensei bastante, avaliei e decidir meu apoio. Diziam que era contra mulher, índio, negros, mas só diziam isso porque não poderiam dizer que ele é corrupto, que é o principal assunto dessa eleição", declarou.

Para Lira, as manifestações contra o capitão só fizeram alavancar sua campanha. "As pessoas perceberam que ele estava sendo injustiçado. Pensei no Brasil, na democracia, não tenho nada contra os outros, mas acho que foi a opção correta", disse.

 

PB Agora
Foto: reprodução/twitter

 

 


Certificado digital mais barato para advogados e contadores. Clique e saiba como adquirir

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Deputado pede suspensão da ação de privatização da Fortaleza de Santa Catarina

“Ao invés de privatizar essa parte da memória do Brasil, os poderes públicos, a começar pela Prefeitura de Cabedelo, deveriam cumprir seu papel constitucional e se juntarem à população na…

Efraim libera junto ao Ministério da Saúde 40 respiradores para municípios paraibanos

Em uma ação para ajudar os municípios paraibanos, o Dep Efraim Filho, que é líder dos Democratas e coordenador da bancada federal paraibana, esteve em audiência junto ao Ministério da…