Daniella: "Veneziano foi à justiça para derrubar a minha candidatura. Ricardo não fez nada do que prometeu a Campina”

A deputada estadual Daniella Ribeiro (PP) confirmou o seu desejo pessoal pela candidatura do ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, a governador em 2014. As declaração foram concedidas ao programa Conexão Direta.

A deputada revelou que nos momentos de privacidade familiar, como em almoços de domingo, ela lhe recomenda ser candidato.

“Torço para que ele seja. Domingo mesmo eu tava saindo do carro com ele, eu peguei no braço dele e brinquei: eita candidato", disse a deputada.

Ainda segundo Daniella, “cada partido do blocão apresentará um nome e o segundo critério.será uma pesquisa para escolher o nome do ungido”.
Ela negou, no entanto, que esteja faltando coragem ao ministro para disputar o Governo da Paraíba.

“Ninguém é candidato de si mesmo. Em princípio, o projeto é ele federal e eu estadual, mas a eleição majoritária é possível. Quem não arrisca nada, arrisca tudo”, afirmou.

A deputada alega que existem das candidaturas postas: “a do governador Ricardo Coutinho e a do ex-prefeito Veneziano Vital do Rêgo e, nesse cenário, as pessoas estão cansadas dos mesmos nomes. As pessoas anseiam algo novo”, defende Daniella.

“O blocão vai ter candidato a governador”, reafirmou.

Ela também comentou a relação de atrito que mantém com os dois pré-candidatos ao governo.

“O ex-prefeito Veneziano foi à justiça para derrubar a minha candidatura, usando um candidato no PT", justificou.

 Da mesma forma, a não poupou o governador  Ricardo Coutinho das suas críticas.

"O governador não fez nada do que prometeu a Campina. Esqueceu a cidade”, disparou.

Ela também criticou a conduta do prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB).

" O PP faz oposição a gestão do PSDB em Campina Grande. Romero na condição de aliado não fez uma cobrança publicamente do que Ricardo Coutinho prometeu a Campina. Criticava o lixo deixado pela gestão anterior, mas conseguiu ser ainda pior", acusou.

Ytalo Kubitschek

PB Agora
 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Idosa morre após ser baleada por acidente no Sertão da Paraíba

No início da manhã desta segunda-feira (20), uma idosa de 67 anos morreu após ser atingida por um tiro acidental com a arma do companheiro, no Sertão da Paraíba. Segundo…

Opinião: Luciano Cartaxo continua “patinando” na escolha do nome que vai apoiar por falta de opção e iniciativa

O rei está morto? Ainda não, mas seus conselheiros pretendem matá-lo o quanto antes. Assim é o que passa para a sociedade as estratégias suicidas do prefeito de João Pessoa,…