Mais de 700 famílias carentes estão desabrigadas, após a Justiça paraibana autorizar reintegração de posse de terreno localizado em Muçumago, bairro da pereferia de João Pessoa. A ação de despejo foi cumprida na última quninta-feira (28) pela Polícia Militar , e os envolvidos aguradam um posicionamento da Prefeitura Municipal no que diz respeito para onde serão relocados.

 

Todas essas famílias estão desabrigadas em baixo de lonas em um local próximo cedido por um comerciante. A decisão foi da 4ª Vara Regional de Mangabeira da Comarca de João Pessoa. A Polícia Militar havia feito uma reintegração de posse no local, no mês de junho de 2018, mas o proprietário não teria colocado cerca, nem muro, e, por isso, o espaço voltou a ser ocupado.

""

Apesar de ter havido duas reuniões entre a PM e os moradores desde o recebimento da determinação para retirar as famílias do local a polícia efetivou a retirada. As famílias que estavam abrigadas no terreno, desde agosto de 2018, já tinham passado por uma outra reintegração de posse no mês de junho, contudo o proprietário do terreno não tinha murado o espaço e a área voltou a ser ocupada. Algumas famílias já tinham construído casas de alvenaria no local.

 

Representantes das famílias cobram uma posição da Prefeitura Municipal de João Pessoa, através da secretaria de Assistência Social, pois relatam que as famílias estão sem ter para onde ir e que seguem aguardando resposta do poder público municipal, para que os encaminhem para um local de abrigo. Os moradores que agora se encontram desabrigados são pessoas do ramo da agricultura e dizem que não estão entendendo o porque do juiz autorizar o despejo.

 

 

Redação

 


Leia mais notícias sobre o mundo jurídico no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Análise: Galdino acredita na reconciliação de RC e João, e PSB sabe a importância dos líderes para 2020

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Adriano Galdino (PSB), deu a senha que aterroriza alguns setores da política paraibana. A real possibilidade do ex-governador Ricardo Coutinho, e seu sucessor,…

MPF ajuíza ação de improbidade contra prefeito do Sertão

O Ministério Público Federal (MPF) em Patos (PB) ajuizou ação de improbidade contra Aldo Lustosa, prefeito de Imaculada, município localizado no Sertão paraibano; mais oito pessoas (Dineudes Possidônio, Madson Lustosa,…