A Paraíba o tempo todo  |

Maioria deve ficar com principais cargos da CPI da Petrobras, diz Múcio

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

O ministro de Relações Institucionais, José Múcio (PTB), disse nesta segunda-feira (25) que a maioria governista no Senado deve ficar com a relatoria e a presidência da CPI da Petrobras. Múcio conversou com jornalistas após um encontro do presidente Lula com o senador Renan Calheiros (PMDB-AL).

“O modelo que eu vi no Senado esses anos todos, principalmente no governo passado, é que a maioria sempre escolhia a presidência e a relatoria”, afirmou. “Tenho uma tese minha, pessoal, que é de que todas as outras CPIs da história da República, onde a minoria tem o direito constitucional de requerer uma CPI, cabe à maioria, através do voto, exercer a maioria e escolher os seus membros.”

O ministro negou que Lula e Calheiros tenham discutido nomes para a comissão. “Não se falou em nomes. Isso vai depender absolutamente dos líderes no Senado. Vão-se obedecer aos mesmos ritos que foram obedecidos até hoje”, disse. Segundo Múcio, Lula e Renan conversaram sobre a “preocupação” de que a CPI crie “problemas” aos investimentos da empresa.

Antes do encontro entre o presidente e o senador, o presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, teve uma audiência com Lula.
 

 

 

G1

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe