Por pbagora.com.br

Em Campina, Lula pede ao governador Maranhão que antecipe as prioridades para o PAC 2011

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva pediu, nesta terça-feira (28), que o governador José Maranhão comece a definir as obras prioritárias para o PAC 2011 e 2005, que serão aprovados em 2010. “Espero que o governador pense nos programas prioritários para o Estado da Paraíba e que possam ser integrados ao PAC”, complementou o presidente, que desembarcou às 10h30, no Aeroporto João Suassuna, em Campina Grande, onde foi recepcionado pelo governador José Maranhão, pelos prefeitos de João Pessoa e Campina Grande e outras autoridades.

Em entrevista, ainda no aeroporto, o presidente Lula disse que a Paraíba vive uma nova fase administrativa. Ele virá a Paraíba até o final do ano para inaugurar novas obras, inclusive uma feita em parceria com a Prefeitura Municipal de Campina Grande.

O presidente garantiu ao governador José Maranhão que a Paraíba vai ser contemplada com uma usina de biodiesel, assim como outros estados nordestinos. Ele convidou o governador para, no começo de setembro, acompanhá-lo durante três dias de visita às obras da transposição das águas do rio São Francisco.
Após a entrevista, a comitiva seguiu para o bairro Jardim Dinamérica, onde o presidente Luiz Inácio Lula da Silva entrega o Campus Campina Grande do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB). Depois, ele inaugura o trecho duplicado da BR-230, entre Café do Vento e João Pessoa, próximo ao trevo de Gurinhém.
 

 

Assessoria

Notícias relacionadas

Secretário executivo de Saúde da PB recebe título de Cidadão Paraibano

O título de Cidadão Paraibano foi concedido ao médico Daniel Gomes Monteiro Beltrammi, secretário executivo de Estado da Saúde. A honraria foi publicada na edição do Diário Oficial do Estado…

Câmara aprova substitutivo de Efraim Filho que abre caminho para salvar micro e pequenas empresas

O Congresso Nacional aprovou o substitutivo do deputado Efraim Filho (DEM/PB) ao PLN 2/21, do Poder Executivo, que permitirá mudanças na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) em vigor. “A expectativa…