Lula participa de ato em defesa das democracias no Fórum Social Mundial de Salvador. Foto: Ricardo StuckertSalvador (BA), 15/03/0218.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva enviou, nesta terça-feira (30), uma parta para o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz. No documento, o petista presta solidariedade ao advogado, que foi alvo de provocações do presidente Jair Bolsonaro, que disse que “contaria ao presidente da OAB como o pai dele desapareceu durante o período militar”.

“Quero me solidarizar com você e sua família pela cruel desrespeito que os atingiu no dia de ontem. Só quem suportou o sofrimento de perder um ente querido, sem ter sequer o direito de velar seu corpo, poderá avaliar a dor que vocês sentem nesse momento. É como se violentassem o seu pai mais uma vez, e junto com ele todas as vítimas da ditadura”, escreveu Lula .

“O Brasil não merece ouvir as palavras de ódio de quem, pelo cargo que ocupa, deveria se referir com respeito aos que sacrificaram a vida pela liberdade em nosso país”, continuou o ex-presidente. “Sempre vamos reverenciar nossos verdadeiros heróis, e é isso que os tiranos não conseguem suportar”, concluiu.

A polêmica entre Bolsonaro e Santa Cruz teve início nesta segunda-feira (29), quando o presidente da República fez provocações contra Felipe Santa Cruz, presidente da Ordem, ao lembrar do desaparecimento do pai dele, Fernando Augusto de Santa Cruz Oliveira, durante a ditudura militar.

“Um dia se o presidente da OAB quiser saber como é que o pai dele desapareceu no período militar, eu conto para ele. Ele não vai querer ouvir a verdade. Eu conto para ele”, disse Bolsonaro.

Redação com US

Total
1
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Julian Lemos revela que filhos de Bolsonaro podem inviabilizar o governo

Na entrevista à Jovem Pan, na noite desta segunda-feira, o deputado federal e presidente estadual do PSL-PB Julian Lemos disse que a guerra no PSL é um grande problema para…

OUÇA: reitor da UEPB diz que estudante que fez ameaças trancará curso

O reitor da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), professor Rangel Júnior divulgou, através de um áudio compartilhado nas redes sociais, nesta segunda-feira (21), detalhes sobre o caso da suposta ameaça…