Por pbagora.com.br

 O ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva se isentou de tecer comentários sobre a possível prisão dos envolvidos no mensalão pelo Superior Tribunal Federal (STF). Em visita ao Mato Grosso do Sul para conversar com lideranças e mostrar apoio à candidatura do senador Delcídio do Amaral (PT) ao governo do Estado, Lula afirmou que preferia "não comentar qualquer decisão da Suprema Corte".

 

Lembrando que indicou nomes de "vários" ministros que hoje atuam no STF, o ex-presidente afirmou que não vai falar nada a respeito do esquema de propina "enquanto não terminar a votação".

 

No entanto, sinalizou que após a sentença final, irá falar sobre sua percepção do julgamento. "Eu tenho dito pra todo mundo: quando terminar toda votação sobre o mensalão, aí eu quero falar algumas coisas que eu penso a respeito disso". Lula ressaltou ainda que sempre respeitou as decisões do Supremo enquanto presidente e o continuará fazendo enquanto "cidadão brasileiro". "Quando tomar a decisão, estará tomada a decisão".

D24am

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Análise – Cartaxo não confia um tico em Maranhão. Ou esqueceu a rasteira de 2018?

O senador José Maranhão (MDB) tem procurado todo mundo para conversar sobre as eleições 2020. Inclusive com Luciano Cartaxo, o prefeito de João Pessoa (Pv) Maranhão pode se frustrar quanto…

Mais prazo: Romero pode deixar só para dia 15 definição sobre escolha em CG

Nem 07 nem 10. Deve ficar para o dia 15 de agosto a definição do prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSD), sobre a escolha do nome do grupo que…