Por pbagora.com.br

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta segunda-feira (3), durante seu programa de rádio “Café com o presidente”, que irá inaugurar 214 escolas técnicas até o final de seu governo. Ele afirmou que investimento em educação dá retorno rápido, especialmente quando esse esforço garante uma profissão aos jovens.

Lula iniciou o programa falando sobre o reajuste de 10% do Bolsa Família. Para ele, era necessário dar uma resposta à população carente. “O reajuste é justiça com a parte mais carente da população brasileira. Todas as categorias profissionais tiveram reajuste esse ano, em todo o Brasil. E é justo que a gente dê um reajuste razoável para os que recebem o Bolsa Família, porque isso vai ajudar no aumento de poder de compra deles”.

 

Segundo o presidente, a decisão tem reflexo na economia nacional. “Foi uma atitude correta da equipe econômica do governo, do ministro Patrus (Patrus Ananias, do Desenvolvimento Social e Combate à Fome). E quando eles se colocaram de acordo e levaram a proposta para mim, eu não tive dúvida de fazer a lei garantindo os 10%. Quanto mais o povo puder comprar, mais certeza nós temos de que a economia brasileira vai continuar crescendo”.

 

Capacitação profissional

Lula disse que foi a Belo Horizonte, participar da formatura do Plano Setorial de Qualificação para Beneficiários do Bolsa Família (Planseq). “Fiquei emocionado, porque foram 457 pessoas que se formaram num convênio que o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome fez com os empresários da construção civil. Fiquei feliz, porque entreguei o diploma para algumas mulheres e duas tiveram a carteira profissional assinada. Uma mulher, que recebia apenas o Bolsa Família vai ganhar R$ 616 por mês, como meio oficial até se tornar oficial. É a melhor forma para a gente ir tirando as pessoas do Bolsa Família”.

Escola técnica

O presidente falou ainda sobre investimentos na educação. “Formar o jovem é obrigação do governo. Lamentavelmente, no passado, não se preocuparam com a formação da nossa juventude. Eu fui inaugurar o Instituto Tecnológico em Campina Grande. Vi a alegria das meninas e dos meninos que estavam lá. Até o final do meu governo nós vamos inaugurar 214 escolas técnicas. Esta semana mesmo, eu tenho que inaugurar três no Maranhão. Vou inaugurar mais duas no Piauí. E daqui para frente, todo mês, teremos muitas escolas técnicas para serem inauguradas. Nós estamos garantindo que a nossa juventude tenha uma profissão. Esse é um investimento extraordinário. A chave do sucesso desse programa foi a gente dizer que no governo ninguém falava mais em gasto quando falavam de educação. É um investimento que traz um retorno mais rápido”.

 

G1

Notícias relacionadas

Marcelo Queiroga assina protocolo de intenções de R$ 11 milhões para alta complexidade na saúde de JP

O prefeito Cícero Lucena e o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, assinaram, na tarde desta sexta-feira (16), um protocolo de intenções entre a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) e…

Mesmo sob novo comando, CMCG é criticada por ‘dormir nas suas atribuições’

A mudança de comando na presidência da Câmara Municipal de Campina Grande (CMCG) em nada alterou o andamento do trabalho legislativo. Pelo menos é essa a percepção do vereador Olímpio Oliveira…