Por pbagora.com.br

O deputado federal Luiz Couto (PT-PB) manifestou seu profundo pesar pela morte de dona Marisa Letícia Lula da Silva, 66 anos, em razão de complicações causadas por um AVC (Acidente Vascular Cerebral) hemorrágico. O parlamentar disse que a esposa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) foi uma guerreira, lutadora e militante do PT. O deputado aproveitou para repudiar a onda de ódio deflagrada nas redes sociais contra Lula e Marisa desde a entrada da ex-primeira-dama no Hospital Sírio Libanês.

“Quero manifestar minha solidariedade e meus sentimentos pelo falecimento da companheira Marisa. Ao mesmo tempo, registro que não podemos aceitar a falta de humanidade e de respeito que tem sido demonstrada nas redes sociais, onde pessoas manifestaram alegria pelo falecimento dela. As pressões e ameaças, inquéritos mal feitos que colocavam D. Marisa e Lula como responsáveis por ilícitos foram atitudes erradas. Precisamos rever esse ódio de classe e essa intolerância. Podemos ter divergências, mas não podemos perder o sentimento de humanidade”, disse o parlamentar.

Couto, que também é padre, disse que rezará por Marisa, para que Deus a acolha em sua glória.

 

PB Agora

com Assessoria

Notícias relacionadas

Opinião: Bancada ‘Cara Pálida’!

O grande e excelente jornalista J. R. Guzzo, diretor editorial da revista Exame e colunista da revista Veja, no dia de hoje deu uma declaração triste sobre a bancada evangélica…

Opinião: mesmo com negacionismo de Bolsonaro, JP e a PB dão exemplo contra a covid

O poeta russo Vladimirovitch Maiakovski certa vez escreveu: “Não estamos alegres, é certo, mas também por que razão haveríamos de ficar tristes? O mar da história é agitado. As ameaças…