SUCESSÃO NA ALPB: Ludgério diz que está na disputa, porém salienta que existem condições para se tornar futuro presidente “Vou em frente se conseguir unir os colegas”

Mesmo admitindo não ter idéia fixa quanto a sucessão na Assembléia Legislativa da Paraíba, o deputado estadual Manoel Ludgério admitiu em entrevista nesta quinta-feira a Rede Correio Sat que não será candidato a qualquer custo e que seu nome está disposição do colegiado que compõe a Casa de Epitácio Pessoa.
 

“Se meu nome unir mais dentro do colegiado em vou em frente, agora se qualquer um dos companheiros de qualquer partido integrante da base aliada de Ricardo Coutinho ou da oposição, vier a unir mais do que o meu nome, esse parlamentar terá o meu apoio e vou ajudá-lo a presidir o Poder Legislativo”, confidenciou.
 

Ludgério também disse que qualquer um dos 36 parlamentares têm condições de ocupar a cadeira de Presidente da Assembléia e salientou que não pretende partidarizar a sucessão de Ricardo Marcelo (PSDB), para o biênio 2011/2012.
 

“A Casa de Epitácio Pessoa não pertence ao governo que termina e tão pouco ao governo que nasce”, sentenciou.Manoel Ludgério, tem como grande trunfo na disputa a amizade e a proximidade ao ex-governador Cássio Cunha Lima (PSDB), outro deputado oposicionista que desponta com forte articulação é o experiente Lindolfo Pires (DEM), que também é aliado do tucano.

Além dos dois deputados citados já manifestaram interesse na disputa: o deputado Tião Gomes (PSL) e o presidente Ricardo Marcelo (PSDB), que disputa a reeleição.
 

Henrique Lima

PB Agora
 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Já são três os secretários de Romero que miram disputa pela PMCG

A disputa eleitoral da Prefeitura Municipal de Campina Grande em 2020 deve dividir a base do prefeito Romero Rodrigues (PSD). Pelo menos três secretários de Romero garantem que são pré…

Julian Lemos revela que filhos de Bolsonaro podem inviabilizar o governo

Na entrevista à Jovem Pan, na noite desta segunda-feira, o deputado federal e presidente estadual do PSL-PB Julian Lemos disse que a guerra no PSL é um grande problema para…