A Paraíba o tempo todo  |

Ludgério acusa Ivaldo de ter assassinado a própria mulher

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

O clima esquentou na tarde desta terça-feira (31) na Assembléia Legislativa da Paraíba durante discussão sobre as demissões e corte de gratificações no governo Maranhão III. O deputado Manoel Ludgério (PDT), líder da oposição, chegou a acusar o deputado Ivaldo Morais (PMDB) de ter matado a própria mulher, mãe da esposa do deputado federal Vital do Rego Filho (PMDB).

A declaração foi dada em reação das declarações de Ivaldo Morais, que subiu à tribuna da Assembléia para responsabilizar Ludgério por ser o mentor de muitas demissões no governo Cássio, algumas, inclusive, em sua área de atuação.

Ivaldo Morais disse ainda que teve um irmão demitido do governo Cássio sob acusação de nepotismo e que foi procurado para negociar apoio à administração anterior cujo irmão poderia ser beneficiado .

LUdgério rebateu as acusações dizendo que tudo não passava de “invecionice”. E completando que o que não é invenção é a acusação de que Ivaldo Morais matou a própria esposa.

Na Assembléia, quatro secretários de Estado estão respondendo perguntas dos deputados.


PB Agora

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe