Por pbagora.com.br

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, que que deixou o Partido dos Trabalhadores (PT) na última quinta-feira e filiou-se ao PSD, divulgou nota, na manhã deste sábado, em resposta às declarações dadas pelo PT.

Cartaxo enumerou 7 itens para responder ao ex-partido. O prefeito da Capital começou respeitando a decisão do PT em deixar a sua gestão após a desfiliação. Em seguida, o mais novo membro do PSD negou associar militantes do partido no estado aos escândalos envolvendo a legenda no cenário nacional.

Luciano Cartaxo deixou claro que segue dando apoio a presidente Dilma Rousseff, pois o PSD faz parte da base do governo no Congresso. Cartaxo ressaltou que mesmo deixando o PT, seus ideais seguem os mesmos de quando ingressou na legenda, que é o de defender as causas populares e o menos favorecidos.

O chefe do Executivo na Capital paraibana finaliza a nota declarando que a decisão de filiar-se ao PSD foi tomada com base em seus princípios e que seu compromisso com a cidade de João Pessoa é maior do que qualquer partido.

Confira nota na íntegra:

Em resposta às declarações do Partido dos Trabalhadores (PT), o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, concede as seguintes considerações:

1. Respeito a decisão da executiva estadual do PT, partido em que militei por mais de 20 anos. No entanto, lamento o posicionamento de deixar a gestão, uma vez que a sigla tem quadros administrativos qualificados, que sempre cumpriram um papel importante nas transformações realizadas em João Pessoa nos últimos anos.

2. Em nenhum momento fiz qualquer associação dos militantes do PT da Paraíba com os fatos ocorridos no cenário nacional, deixando claro que a decisão não passa por desentendimentos políticos, nem administrativos, com a sigla no estado.

3. Ao assumir a prefeitura, uma ampla base de partidos deu apoio à gestão, até então liderada pelo PT. Em nenhum momento, o partido demonstrou a necessidade de qualquer rompimento com outras siglas na esfera municipal.

4. O Partido Social Democrático (PSD), ao qual me filiei, integra a base do governo Dilma desde o período eleitoral do ano passado. Portanto, está no mesmo conjunto de forças que dá sustentação ao mandato da presidente no Congresso. A sigla também ocupa o Ministério das Cidades, com Gilberto Kassab.

5. Meus ideias políticos seguem os mesmos, desde quando entrei na vida pública. Continuo na mesma trilha, defendendo as causas populares, a inclusão social e os menos favorecidos, com a coragem para fazer o que precisa ser feito. Pode ser que alguns tenham abandonado as suas bandeiras. Eu, seguirei com as minhas, levando adiante o sonho que me motivou a ingressar na política: fazer o bem, fazer o certo.

6. A escolha que sempre tracei também se reflete nas políticas adotadas, como as creches em tempo integral, o Banco Cidadão, o maior programa de habitação dos últimos anos, além da oferta de novos espaços públicos, a exemplo da Calçadinha da Orla e da Nova Lagoa. São ações que também podem e devem continuar com o apoio direto ou indireto do Governo Federal, como ocorre em qualquer capital do país.

7. Esta foi uma decisão baseada em princípios, com muita coerência e coragem. Agradeço a todos os companheiros pelo muito que realizamos ao longo de todos esses anos. Digo isso, reforçando que o meu compromisso com João Pessoa e com o trabalho pela cidade será sempre maior do qualquer partido político.

Luciano Cartaxo
Prefeito de João Pessoa

PB Agora

Notícias relacionadas

Bruno publica nessa sexta decreto mais restritivo em Campina Grande

Prefeito de Campina Grande diz que Município se mantém alerta para avançar e recuar no enfrentamento à doença, a depender da curva viral O prefeito Bruno Cunha Lima reuniu, nesta…

“O principal fiscal é a consciência”, diz Bruno, sobre restrições em CG

O prefeito Bruno Cunha Lima confirmou na manhã desta sexta-feira, 14, durante entrevista à Rádio CBN, que assina hoje um novo decreto com medidas ainda mais restritivas para a prevenção…