Por pbagora.com.br

 O prefeito Luciano cartaxo (PSD) comentou nesta quinta-feira (17) a decisão do irmão, Lucélio Cartaxo, em entregar o cargo que tinha na presidência da Companhia Docas.

 

“A indicação de Lucélio para a Companhia Docas foi feita pela direção do PT, assim como foi feita a indicação de Lenildo Morais, e nada mais coerente que Lucélio entregue o cargo”, confirmou Luciano.

 

No entanto, apesar deste ato do irmão, Luciano não confirmou o rompimento dele com o PSB, apesar do PSD ser adversário do socialismo no Estado.Cartaxo disse que hoje fez um anúncio de uma decisão política, mas que as negociações para a eleição municipal só acontece em 2016.

 

 

“Estamos tomando uma decisão política, mas a eleição será tratada apenas no próximo ano. Não estamos excluindo ninguém do nosso projeto, não estamos anunciando rompimento com ninguém”, finalizou.

 

PB Agora

Notícias relacionadas

Prefeito de Pedras de Fogo, Manoel Junior, testa positivo para a Covid-19

O prefeito da cidade de Pedras de Fogo, Manoel Junior (Solidariedade), confirmou nesta terça-feira (11) através das suas redes sociais, que positivou para a Covid-19. De acordo com o gestor,…

Ex-prefeito de Cuitegi é suspeito de criar cargos para inviabilizar nova gestão

O ex-prefeito de Cuitegi, Guilherme Madruga, foi denunciado ao Ministério Público pelos vereadores do município, Vivaldo e Raul Meireles. Eles alegam que o antigo gestor do município teria encaminhado projeto…