Mudança: Lúcia Braga não descarta disputar prefeitura de Bayeux, mas já fala em Cabedelo

A ex-deputada e presidente da FAC (Fundação de Ação Comunitária), Lúcia Braga, diz que jamais desqualificou o apoio do prefeito de Bayeux, Jota Júnior (PMDB), ao projeto de reeleição do governador José Maranhão (do mesmo partido), no pleito de 31 último, e diz-se disposta a concorrer à Prefeitura de Cabedelo, em 2012.

Ela enfatiza ter dito, no entanto, que ajudou na campanha de Maranhão, em Bayeux, somente no eu tange à comunidade do Mutirão, que foi praticamente construído no período em que ela foi primeira-dama do Estado, como presidente da Funsat. “Nada mais que isso, poderia eu dizer, por questão de bom-senso”, afirma Lúcia Braga, ainda reconhecendo a importância de lideranças, em Bayeux, como a deputada Nadja Palitot, o deputado Expedito Pereira, o deputado Benjamin Maranhão e o deputado eleito Aníbal Marcolino, em prol de Zé Maranhão.

Ao fazer essas afirmações, Lúcia Braga reafirma a disposição de concorrer, ao contrário, à eleição que conduzirá à Prefeitura Municipal de Cabedelo, em 2012, e, nesse projeto, ela conta com o apoio – a partir de casa – do deputado estadual eleito Wilson Braga (PMDB), que já luta por privilegiado espaço da Mesa Diretora da Assembléia Legislativa da Paraíba.

Quanto à especulação de que a secretária de Desenvolvimento Social do Estado, Gilcélia Figueiredo, também tenciona concorrer à Prefeitura de Baueyux, em 2012, Lúcia Braga limitou-se, a priori, a ratificar a pretensão da secretária, com a ressalva de que, caso isso ocorra, ambas (Lúcia e Giucélia) se revezarão, fazendo “dobradinhas”, entre Bayeux e Cabedelo, 
 

 

Assessoria

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Cartaxo conversa com aliados sobre eleições, mas não abre mão do PV na cabeça de chapa

Durante solenidade na manhã desta segunda-feira (20), o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV) revelou que iniciará esta semana ao diálogo com os partidos aliados visando as articulações para…

Idosa morre após ser baleada por acidente no Sertão da Paraíba

No início da manhã desta segunda-feira (20), uma idosa de 67 anos morreu após ser atingida por um tiro acidental com a arma do companheiro, no Sertão da Paraíba. Segundo…