O secretário-chefe de Gabinete da Prefeitura de João Pessoa, Lucélio Cartaxo, precisou ser transferido, no início da noite desta segunda-feira (15) para São Paulo após apresentar piora em seu estado clínico.

A decisão da transferência teria partido da própria família Cartaxo.

A justificativa para a decisão foi a garantia de um maior aparato de tecnologia no tratamento do traumatismo crânio encefálico.

O irmão gêmeo do prefeito de João Pessoa foi levado para o Hospital Sírio Libanês. Lucélio sofreu um acidente no dia 6 de julho enquanto pilotava um quadriciclo no condomínio onde reside no bairro do Altiplano, na Capital.

O secretário, que já havia deixado a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital da Unimed, no último sábado (13) voltou para a UTI devido ao diagnóstico de diminuição da taxa de sódio no sangue. Ele precisou realizar uma reposição progressiva.

Após o acidente, Lucélio foi socorrido pelo SAMU para o Hospital de Emergência e Trauma. No Trauma, o paciente foi diagnosticado com um traumatismo craniano de grau leve. O secretário ficou em observação e no dia 7 (domingo) foi transferido para o Hospital da Unimed, no bairro da Torre, onde permaneceu em observação até a tarde de hoje.

Lucélio deverá passar por novos exames na Capital paulista e, segundo nota, a transferência já estava prevista pela família desde o dia do acidente.

 

PB Agora

Total
1
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Vereador diz que declarações de Alexandre do Sindicato é “Reflexo da Operação Famintos”

Integrante da bancada de oposição na Câmara Municipal de Campina Grande, o vereador Galego do Leite (Podemos) reagiu as declarações do vereador e vice-líder da situação  Alexandre do Sindicato (PHS),…

“De minha parte não vou colocar nenhuma lenha na fogueira”, disse Veneziano sobre crise no PSB

Ainda sobre a entrevista do senador Veneziano Vital do Rêgo ontem (12), numa emissora da capital, quando questionado sobre a crise interna no PSB, o socialista adotou a medida do…