O secretário-chefe de Gabinete da Prefeitura de João Pessoa, Lucélio Cartaxo, precisou ser transferido, no início da noite desta segunda-feira (15) para São Paulo após apresentar piora em seu estado clínico.

A decisão da transferência teria partido da própria família Cartaxo.

A justificativa para a decisão foi a garantia de um maior aparato de tecnologia no tratamento do traumatismo crânio encefálico.

O irmão gêmeo do prefeito de João Pessoa foi levado para o Hospital Sírio Libanês. Lucélio sofreu um acidente no dia 6 de julho enquanto pilotava um quadriciclo no condomínio onde reside no bairro do Altiplano, na Capital.

O secretário, que já havia deixado a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital da Unimed, no último sábado (13) voltou para a UTI devido ao diagnóstico de diminuição da taxa de sódio no sangue. Ele precisou realizar uma reposição progressiva.

Após o acidente, Lucélio foi socorrido pelo SAMU para o Hospital de Emergência e Trauma. No Trauma, o paciente foi diagnosticado com um traumatismo craniano de grau leve. O secretário ficou em observação e no dia 7 (domingo) foi transferido para o Hospital da Unimed, no bairro da Torre, onde permaneceu em observação até a tarde de hoje.

Lucélio deverá passar por novos exames na Capital paulista e, segundo nota, a transferência já estava prevista pela família desde o dia do acidente.

 

PB Agora

Total
1
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Bebianno lembra reuniões com Julian para desafiar Bolsonaro a passar em detector de mentira

O ex-ministro da Secretaria-Geral da Presidência Gustavo Bebianno em vídeo pelas suas redes sociais, acusou o presidente Jair Bolsonaro de mentir ao atribuir a ele a montagem de um dossiê…

“A simpatia de Galdino pelo Avante também fortalece a minha escolha” diz Felipe Leitão

O deputado estadual Felipe Leitão (Democratas) que esteve recentemente em evento nacional do Avante em Salvador, ao lado dos parlamentares paraibanos que pertencem à sigla e do presidente da Assembleia…