Cotado para presidir o comando do PSL no âmbito da Paraíba, o vereador Lucas de Brito, que atualmente é o presidente da legenda em João Pessoa, Capital do Estado, surpreendeu, nesta quinta-feira (14), em entrevista ao portal PB Agora, ao defender o lançamento de uma candidatura própria da sigla ao Governo da Paraíba, nas eleições de 2018.

O objetivo Lucas seria não apoiar nenhuma das candidaturas que por ventura venham a ser colocadas no tabuleiro de xadrez e priorizar o crescimento do partido, na máxima de que – quem não é visto não é lembrado.

A resposta veio quando a reportagem quis saber do parlamentar como o partido iria lidar com a divergência existente atualmente, com uma ala favorável ao bloco do governador Ricardo Coutinho (PSB), e outra ala que defende o nome do prefeito Luciano Cartaxo (PSD) para disputar 2018.

“A eleição ainda está distante. O partido vai ter tempo de amadurecer posicionamentos. O próprio Ricardo Coutinho não é mais candidato ao Governo do Estado em 2018, então haverá espaços para uma rediscussão, na minha ótica, de forma democrática, das opções políticas que vão se colocar sob tabuleiro político. A rigor a gente nem sabe definitivamente quantas candidaturas e quais candidaturas haverá. E eu particularmente acho, tanto quanto possível, que os partidos devem, a exemplo do Livres, a propósito de crescer, tentar viabilizar uma candidatura própria. Se não conseguir paciência, faz composição na majoritária. Mas e se conseguir? Se apresentar um nome que represente uma nova alternativa para governador o Estado, para comandar o Estado? Aí poderia abrir um espaço pra gente crescer”, declarou.

 

PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Presidente nacional do Podemos desmente mudanças no comando do partido na Paraíba

Em entrevista à imprensa paraibana, a Presidente nacional do Podemos, deputada federal Renata Abreu, desmentiu a especulação feita por um portal de que existiria alguma possibilidade de mudança no comando…

Suplente de deputado do PT é cotado para assumir secretaria do OD

O suplente de deputado estadual Anísio Maia (PT) pode assumir a secretaria do Orçamento Democrático no lugar do atual gestor Célio Alves. A informação vem sendo divulgada por alguns veículos…