O novo presidente estadual do PSL, o vereador Lucas de Brito, declarou que a saída do deputado e ex-presidente da legenda, Tião Gomes, dos quadros do partido, não é um problema, pelo contrário, o vereador avaliou a saída como positiva.

“O deputado quando sai do aprtido contribui para que vários candidatos medianos voltem a enxergar competitividade do PSL  e até sinalizem o desejo de retornar. Nós não enxergamos problema em que os eventuais seguidores de Tião Gomes o acompanhem na decisão de sair do partido” declarou.

O vereador ainda criticou o que de acordo com ele seria uma falta de estrutura partidária, herança da presidência de Tião.

“Lamentamos que ao longo de doze anos a nossa agremiação só tenha a preço de hoje registrados oito diretórios no TRE e em razão disso sequer tenha podido realizar as suas convenções estaduais” pontuou.

 

Lucas de Brito assumiu a presidência do PSL após a executiva nacional destituir o deputado Tião Gomes do cargo que já ocupava há 12 anos. Por sua vez Tião se diz traído por Lucas, a quem teria dado apoio quando nem sequer fazia parte dos quadros do PSL.

 

PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Ainda hoje: PB Agora/Datavox divulga números da corrida eleitoral pela prefeitura de Pedras de Fogo, para 2020

O portal PB Agora, em parceria com o Instituto Datavox, divulga nesta segunda-feira (09), os números da corrida eleitoral pela prefeitura de Pedras de Fogo. O resultado deverá trazer o…

PB Agora/Datavox: gestão João é aprovada por 71,2% em Pedras de Fogo

O governador João Azevêdo obteve 71,2% de aprovação da população nestes primeiros 11 meses de governo conforme dados divulgadas nesta segunda-feira (09) em uma pesquisa realizada pelo Instituto Datavox, em…