A ex-secretária Livânia Farias, apontou durante delação premiada ao Ministério Público da Paraíba (MPPB), que um grupo de políticos do MDB pediu a quantia de R$ 8 milhões para dar apoio ao ex-governador do estado, Ricardo Coutinho, na candidatura à reeleição no ano de 2014.

Livânia detalhou os bastidores de uma suposta reunião que teria sido realizada com o objetivo de escolher o vice-candidato na chapa encabeçada por Ricardo Coutinho no mesmo ano.

O encontro, segundo Livânia, teria acontecido durante uma madrugada na Granja Santana, que é a residência oficial do Governo do Estado, em João Pessoa.

Conforme a ex-secretária, estavam presentes na reunião Manoel Júnior, Trócolli, Nabor, Raniery Paulino, Hugo Motta, além dos irmãos Lucélio e Luciano Cartaxo que supostamente chegaram e saíram rapidamente do local.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Eleições: Ruy garante que seu nome na disputa pela PMJP “já está definido”

O deputado federal Ruy Carneiro (PSDB) reforçou, em entrevista nessa sexta-feira (17), que a sua pré-candidatura à prefeitura Municipal de João Pessoa está posta e é certa. Ruy enfatizou que…

Opinião: o crime compensa! Para quem rouba muito, faz delação e devolve um pouquinho do roubo

No turbilhão de informações que recebi na minha ingênua tenra idade, aprendi com os meus pais e mestres que o crime não compensa. Assim o tempo passou e, já na…