Lindolfo quer saída de ‘infiéis’

O deputado reeleito Lindolfo Pires (DEM) defendeu ontem que os prefeitos, vereadores e lideranças políticas do seu partido que apoiaram a chapa governista nas eleições de outubro procurem outras legendas. No início do próximo ano, a direção estadual da agremiação vai se reunir para oficializar o destino dos infiéis. Ele esteve ontem, em Campina Grande, onde se reuniu com dirigentes do DEM na cidade e depois com o deputado estadual eleito, Adriano Galdino (PSB).

“Essa questão será motivo de uma reunião com o presidente do DEM, senador Efraim Morais. Em Janeiro, ele haverá de tomar uma medida com relação a essas pessoas. Seria mais natural que aqueles que divergiram dessa orientação do democratas, não se sentindo confortáveis, procurassem outra agremiação partidária”, frisou Pires.

Ele lembrou que o DEM foi o primeiro partido a anunciar o apoio à candidatura de Ricardo Coutinho ao governo do Estado, em dezembro de 2009. “O senador Efraim não tomou uma decisão sozinho, mas baseado em todo o diretório do DEM, o qual votou quase por unanimidade a favor da aliança com Ricardo”, recordou Lindolfo.
ASSEMBLEIA

Em relação à eleição para a Presidência da Assembleia Legislativa, Lindolfo prega a tese vencedora na reunião que os deputados tiveram com o governador Ricardo Coutinho. “O governador eleito disse de alto e bom som, para todos os deputados presentes, que gostaria de ter na presidência da assembleia um aliado que votou nele, no primeiro ou no segundo turno. Neste grupo, há pessoas competentes e qualificadas para exercer o cargo de presidente”, frisou Pires.

 

Jornal da Paraíba

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Presidente do Cidadania-JP volta convidar deputados do PSB para se filiar e avalia brechas partidárias para desfiliações

Diferente do ex-vereador Zezinho do Botafogo e dos vereadores Tibério Limeira e Léo Bezerra, ambos do PSB que devem migrar neste mês de março para o Cidadania devido a proximidade…

Pré-candidatos a prefeitos em JP e CG com um pé na folia e o olho no voto

Para a cientista política Priscila Lapa, os eventos de rua no período carnavalesco são muito propícios para que os pré-candidatos tenham visibilidade e coloquem suas campanhas na rua.  Neste sentido…