O deputado federal Efraim Filho , líder do Democrata na Câmara Federal, reafirmou a pré-candidatura de Raoni Mendes, que vai disputar a Prefeitura de João Pessoa, nas eleições 2020. Durante participação no evento Webinar, realizado através de vídeo conferência, o parlamentar, juntamente com lideranças nacionais, enalteceram as ações que Raoni têm realizado para fortalecer a sua participação no pleito.

O encontro, que debateu os desafios da pós-pandemia para a gestão pública, contou com a participação do ex-ministro da Educação, José Mendonça Filho, o prefeito de Salvador, ACM Neto (presidente Nacional do Democrata), o prefeito de Curitiba, Rafael Grecca e o governador de Tocantins Mayro Carlesse. Durante o debate, eles ressaltaram a candidatura própria da legenda em João Pessoa, e elogiaram a atuação do pré-candidato Raoni.

Efraim Filho destacou as qualidades do pré-candidato, que é a aposta do Democrata na disputa deste ano e contará com o apoio da legenda. “O nosso pré-candidato Raoni tem desempenhado um excelente trabalho no partido e dialogado com nossas lideranças, que estão contribuindo para impulsionar a sua atuação na disputa em João Pessoa”, disse.

O partido lançou a pré-candidatura de Raoni no início do ano. O Democrata apresentou o nome do ex-deputado e ex-vereador da Capital como a única possibilidade conservadora ao pleito. “Ele é um líder e possui uma trajetória política de muito resultado. Alguém com uma proposta que se encaixa no perfil da nossa legenda. Ele elaborou um plano de matas que só ele tem para o povo de João Pessoa”, disse Efraim Filho.

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

ALPB aprova criação do Hospital das Clínicas de Campina Grande

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) aprovou a Medida Provisória (MP) 292/2020, de autoria do Governo do Estado, que prevê a criação do Hospital das Clínicas de Campina Grande e…

João vê debate precoce sobre junção de forças com Cícero ou Cartaxo em JP: “Não há nenhuma discussão, ainda”

Principal estrela do Cidadania na Paraíba, o governador João Azevêdo voltou a julgar precoce o debate em torno da possibilidade de junção de forças políticas com os grupos encabeçados, seja…