O anuncio da possível candidatura do Major Fábio (Pros) ao Governo do Estado em 2014, foi analisado pelo ex-deputado e dirigente estadual do PTC, Neto Franca. Para Franca a possível candidatura do deputado federal pelo PROS ao governo será de suma importância para as oposições na Paraíba, pois o mesmo além de representar um grande seguimento que é o da segurança pública, desempenha também um bom mandato na Câmara Federal.

Segundo o dirigente, basta lembrar que em sua primeira campanha para deputado federal, o Major ficou na suplência com 5 mil votos e conseguiu assumir o mandato, sendo assim reeleito com mais 65 mil votos, confirmando sua liderança.

Ainda de acordo com Neto Franca, é importante ter no próximo pleito pelo menos duas candidaturas majoritárias competitivas das oposições. “Com ao menos duas candidaturas oposicionistas, teremos assegurado o segundo turno do processo eleitoral. Quanto ao bloco criado entre PT, PSC e PP o ideal seria que estas legendas saíssem unidas logo no primeiro turno, pois os mesmos juntos com o PMDB terão bons nomes para fechar a chapa majoritária”, pontuou.

Concluindo, Neto afirma que mesmo com a atual rejeição do governo do estado em todas as áreas de atuação na Paraíba, a campanha não será fácil, pois a maquina administrativa irá funcionar em favor de Ricardo Coutinho (PSB), e as oposições além de se unirem devem contar com um planejamento estratégico, para obterem a vitória.

 

PB Agora com blog Hermes de Luna 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

De malas prontas para o PT, Sandra Marrocos estimula rompimento no PSB

Citada como uma das vozes que estaria pregando a desunião no jardim girassol, a vereadora Sandra Marrocos, atualmente filiada ao PSB paraibano, não tem economizado declarações para apimentar ainda mais…

Análise: PSB-PB terá comissão provisória nacional para “remediar” conflito interno

“A diferença entre o remédio e o veneno é a dose”. Assim concluiu, certa vez, Paracels, médico e físico do século XVI. E a afirmação percorreu séculos de forma incólume,…