A Paraíba o tempo todo  |

Líder da base na CMCG acusa colegas de ‘encher’ Casa com projetos sem qualidade

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

O clima não anda nada amistoso na Câmara Municipal de Campina Grande. Ao que parece, alguns parlamentares estão apresentando projetos ‘apenas para cumprir tabela’, ou seja, apenas para ‘fingir’ que estão trabalhando. Pelo menos foi isso que insinuou o líder do Governo na Casa, vereador Alexandre Pereira, do PSD, em sessão ordinária essa semana.

De acordo com ele, a estratégia visam apenas números no final do ano para figurarem como campeão de apresentação de proposituras. “Apresentam projetos para chegar ao final do ano e dizer que foi campeão (na apresentação) de projetos ou de requerimentos (…) Depois vamos vendo a ´qualidade´ dos projetos”, cutucou.

Entre as proposituras, conforme Alexandre, “há, inclusive, projetos repetitivos, de outros companheiros, de outras legislaturas”.

“(Não vou dizer os nomes) para não criar constrangimento com alguns companheiros”, ressalvou o vereador.

O vereador Olímpio Oliveira (PSL) fez uma invocação filosófica ao abordar o assunto citando Montesquieu, lendário político e filósofo francês:

“Leis inúteis enfraquecem as leis necessárias”.

Atualmente, Campina Grande conta com cerca de oito mil leis.

PB Agora

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      5
      Compartilhe