O líder do governo do Estado na Assembleia Legislativa, deputado Ricardo Barbosa, rebateu hoje declarações do deputado Moacir Rodrigues representante do Bolsonarismo sobre supostos atos de corrupção atribuídos ao governador João Azevedo e questionamentos sobre a constitucionalidade da Fundação PB Saúde.

Barbosa insinuou que Moacir não teria legitimidade para essas críticas, levando em conta as investigações sobre corrupção na prefeitura de Campina Grande, onde seu irmão é o prefeito.

“Causa-me espécie que Vossa Excelência esqueça, ao cobrar apurações em relação a denúncias infundadas contra o governo estadual, de também exigir rigor nas investigações contra a gestão de seu irmão, o prefeito Romero Rodrigues. Ali o escândalo é grande e houve prisões”, reagiu o líder.

 

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

PATOS: arquivamento pode não alterar afastamento de Dinaldinho

Após o Ministério Público decidir pelo arquivamento da ação Civil movida contra Dinaldinho (PSDB), prefeito de Patos afastado do posto no âmbito da Operação Cidade Luz – que investigou a…

Veneziano pondera sobre convites para voltar ao MDB: “Não vou me precipitar”

O senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB) revelou na tarde desta sexta-feira (28) em entrevista a uma emissora de rádio de João Pessoas que tem recebido convites não apenas de…