“Ele tem sido um dos governadores que tem, pessoalmente, tratado dos assuntos do Governo com a base, através de conversas”. A declaração foi dada na tarde desta segunda-feira (22), a um programa radiofônico, pelo líder do blocão na Assembleia Legislativa da Paraíba, Wilson Filho (PTB), ao apontar como uma das principais virtudes do governador João Azevêdo (PSB) a capacidade de ouvir os aliados antes de tomar as decisões.

“O governador João Azevêdo completou 100 dias agora, com um leque de realizações que eu acho que as pessoas já têm esse conhecimento de várias obras, inaugurações, lançamentos de programas e eu acho que isso faz com que ele tenha que andar pelo Estado inteiro. Cajazeiras, por exemplo, não é próxima, e ninguém vai e volta só igual a piscina, chegou numa ponta e já volta. Tem que ter algo a fazer lá, então isso toma um grande tempo. Pensar, administrar, gerir um estado como o nosso toma um grande tempo, e apesar disso ele têm sido um dos governadores que mais tem, pessoalmente, tratado com a base, com conversas. Ele está ouvindo todo mundo para que possa escolher o melhor caminho a seguir nesses grandes debates”, ressaltou.

Apesar de ser um bom 'ouvidor', João não foi ouvido pela base, logo no início da legislatura, quando não conseguiu fazer do deputado estadual Hervázio Bezerra (PSB) o presidente da Casa para o segundo biênio. Sobre esse tema, Wilson Filho garante que o episódio já foi superado e que a articulação daquele momento se deu apenas com base no protagonismo político que cabe ao legislativo.

“A Assembleia assumiu um pouco do protagonismo político que lhe é de direito, nesse começo. Nós tivemos uma reviravolta na eleição de presidente. Nós tivemos nas comissões pessoas capacitadas sendo eleitas. Nós tivemos debates nesse início, já tivemos dois deputados convidados para fazer parte do secretariado e todos esses pontos são obviamente passíveis de conversas com os deputados”, ressaltou.

Ele lembrou ainda que nesse primeiro semestre dois deputados já foram aproveitados para participar da gestão municipal e isso se deve a capacidade de ouvir, que é da personalidade do novo governador.

“ Todos já foram ouvidos em algum momento pelo governador em assunto importante, e para frente também está sendo. Uma das virtudes do governador João Azevêdo é ouvir”, arrematou.

 

Márcia Dias
PB Agora

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Galdino faz apelo ao MP por mais tempo para gestores extinguir lixões

Em recente entrevista à imprensa o presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) deputado Adriano Galdino (PSB), assumiu o apelo dos prefeitos do Litoral Norte do Estado, que alegando falta…

2020: deputado aliado de João defende a unificação da oposição em CG

Pré candidato a prefeito de Campina Grande, o deputado estadual Inácio Falcão (PCdoB), defendeu, nesse fim de semana, a unificação da oposição para enfrentar o candidato a ser apresentado pelo…