O líder do prefeito Luciano Cartaxo na Câmara Municipal de João Pessoa, Milanez Neto (PTB) avisou, nesta quarta-feira (13) que não vai conversar ou orientar a vereadora Raíssa Lacerda, do PSD, para não assinar a CPI da Lagoa.

Segundo Milanez, essa é uma decisão que cabe a consciência da parlamentar, por quem nutre um carinho fraterno. Milanez, no entanto, avisou que vai continuar defendendo que a instalação de uma CPI, de um tema que já está sendo investigado pelas autoridades competentes, é inócua.

“Não converso com nenhum colega vereador para induzir voto no que diz respeito a CPI. Acho que isso aí parte da consciência de cada um e todos nós temos um entendimento e eu tenho o meu. Vou me manter firme no meu propósito de entender quer essa CPI hoje é inócua na Casa de Napoleão Laureano, porque as autoridades competentes já estão investigando”, disse.


OUÇA

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Ruy Carneiro cobra fim da mordomia para filhas de ex-deputados

Com indignação, o deputado federal Ruy Carneiro defendeu nesta segunda-feira (20) o fim imediato dos pagamentos de pensões a 194 filhas solteiras de ex-parlamentares e ex-servidores da Câmara dos Deputados,…

Bolinha tenta trazer para sua pré-candidatura em CG o apoio do DEM

Pré-candidato a prefeito de Campina Grande, pelo partido do deputado federal Julian Lemos (PSL-PB), o empresário campinense Artur Bolinha, ofereceu ao DEM comandado no Estado pelo deputado federal Efraim Filho…