A Paraíba o tempo todo  |

Leonardo Gadelha propõe que ministério da Saúde tente incluir funcionários do INSS no grupo prioritário da vacina

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Visando a necessidade de proteger profissionais que estão mais expostos ao contato com o publico e consequentemente ao vírus da covid-19, o deputado federal Leonardo Gadelha, apresentou um projeto de indicação para que seja incluído no Plano Nacional de Imunização, servidores e funcionários terceirizados do Instituto Nacional do Seguro Social- INSS.

“Defendo a vacina para todos, mas já que o ministério da Saúde criou um plano para priorizar os grupos mais vulneráveis, venho reforçar que os profissionais do INSS estão extremamente expostos, já que existe o contato direto com a população mais vulnerável de forma presencial nas unidades”, disse.

O Brasil ultrapassou a marca das 500 mil vitimas fatais do vírus. Para o deputado, imunizar esse grupo é previnir que inúmeras pessoas sejam infectadas e evitar que os serviços essenciais oferecidos pela unidade possam parar. “ O INSS presta um serviço essencial. Servidores e funcionários atendem a um grande fluxo de pessoas mesmo seguindo as normas. Para que o serviço não pare, é importante que o ministério da Saúde reavalie e possa analisar bem toda a situação apresentada”, falou.

Redação com assessoria

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe