A Paraíba o tempo todo  |

Lauremília e Roberto: prefeitáveis 2012

O vereador Hervázio Bezerra (PSDB, na foto ao lado) incluiu os nomes da ex-vice-governadora Lauremília Lucena (do mesmo partido dele) e do senador Roberto Cavalcanti Ribeiro (PRB) como sendo políticos com potencial de votos perfeitamente enquadrados na lista de prefeitáveis 2012. Os dois poderiam – inclusive – figurar juntos na mesma chapa, com qualquer um deles na condição de candidato ao cargo de titular do mandato ou vice-versa, como companheiro da majoritária.

Cavalcanti teria chances

Na opinião dele, o empresário Roberto Cavalcanti teria tido muita chance de lograr êxito nas eleições deste ano, se tivesse lançado seu nome para reeleição, como senador da República. O vereador acha que Roberto seria um candidato competitivo, com amplas condições de vencer a disputa, caso houvesse resolvido lutar pelo cargo, coisa que não ocorreu.

Nas ondas do rádio

Esta revelação de Hervázio foi feita durante sua participação no programa Debate CBN, apresentado por mim ao lado de Beth Menezes, diariamente, de segunda a sexta-feira, entre as 13h00 e 16h00, na emissora AM 1.230 kHz, integrante local do Sistema Globo de Rádio.

Quinze nomes na disputa

A lista feita por ele também incluiu os nomes de outros prováveis postulantes à prefeitura municipal de João Pessoa, no pleito marcado para daqui a dois anos. A relação completa é esta: Manoel Júnior, Benjamim Maranhão, Roberto Paulino, Iraê Lucena, o próprio prefeito atual, Luciano Agra, o vereador Bira Pereira, Luiz Couto, Rodrigo Soares, Edmilson Soares, “Toinho do Sopão”, Sérgio da SAC, Tavinho Santos, o senador Cícero Lucena e ele mesmo, ou seja, o próprio Hervázio.

Vereador pensa igual a deputado

Ele concorda com a tese levantada aqui mesmo nesta coluna pelo deputado estadual reeleito João Gonçalves (ambos tucanos):

Sem clima para “abração”

– Está muito difícil de fazer nos próximos meses um Encontrão do PSDB. Antes, teria que haver um grande “abração” para acabar com as muitas mágoas recíprocas e lavar toda a roupa suja que ficou guardada dentro de casa, durante as eleições deste ano.

Agradecendo ao eleitorado

Hervázio aproveitou sua participação nos microfones da CBN, nesta quarta-feira, para agradecer a votação de cerca de 9.300 votos obtida por ele somente em João Pessoa e também os mais de 11.000 votos conquistados em outros municípios, como: Manaíra (1.300), Mari (2.300), Sapé (400), Riachão do Poço (1.000), Bananeiras (500), Sobrado (1.300), etc.

Diploma de 3º suplente

Ele obteve exatamente 20.274 votos, ficando na 43ª colocação geral para a Assembléia Legislativa, figurando na condição de 3º suplente da coligação “Uma Nova Paraíba”, integrada pelo PSDB, Democratas, PSB e PDT. Prejudicado pelo coeficiente eleitoral, Hervázio teve mais votos do que os dois últimos candidatos que conseguiram entrar de primeira, na “Casa de Epitácio Pessoa”: Janduhy Carneiro (PPS) e Genival Matias (PTdoB), ambos com menos de 20 mil votos.

Se Cássio fica, Cícero sai…

Perguntado a respeito da hipótese de Cássio Cunha Lima ou Cícero Lucena saírem do partido a que estão filiados atualmente, abrindo especulações sobre para onde iria cada um deles, no caso de haver algum convite para troca de legenda, futuramente, Hervázio disse que existem três condições impostas antes, para que isso se concretize:

1) Depende da decisão do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), em Brasília-DF, que vai referendar ou não a votação de um milhão de sufrágios obtidos por Cássio, cuja eleição como senador ainda está sub-judice;

2) Depende do resultado do pleito para presidente da República, pois se José Serra (PSDB) for eleito, o quadro político nacional será diametralmente oposto, em caso da vitória para a candidata Dilma Roussef (PT); e

3) Depende – de maneira similar – do resultado do pleito para governador do Estado, disputado palmo a palmo pelos candidatos José Maranhão (PMDB) e Ricardo Coutinho (PSB), agora no 2º turno.

Se Cícero fica, Cássio sai???

Ele considera prematuro qualquer passo nesse sentido, seja lá em qual direção for dado, porque existem estes três “Se” elencados acima. O parlamentar ainda não sabe qual será sua posição, após o 2º turno destas eleições, marcado para o próximo dia 31 de outubro.

Decisão tem muitos senões

Só depois de obtidas todas as respostas é que Hervázio saberá dizer se Cássio fica no ninho tucano como seu comandante maior e Cícero deixa a legenda (provavelmente migrando de volta para o PMDB, ao qual pertenceu, na época em que era prefeito da Capital e vice-governador de Ronaldo Cunha Lima) ou se acontecerá o inverso, com Cássio batendo asas e voando rumo à imensa plantação de girassóis cultivada por Ricardo e seu Coletivo.

Hervásio só resolve depois

Aí, sim, só então ele vai pensar em como se situar no cerne dessa questão, acompanhando Cícero rumo ao bloco maranhista ou permanecendo como um dos líderes tucanos, independentemente de quem seja o presidente do diretório estadual do PSDB.

Últimos dias de glória

Para homenagear a coragem política de Hervázio, é bom relembrar a luta dos estudantes brasileiros contra a Ditadura Militar, no final da década de 1960, já que ele foi presidente do Diretório Acadêmico do curso de Psicologia do Unipê (Centro Universitário de João Pessoa), quando o regime dos generais dava sinais de cansaço, entrando nos últimos dias de seus estertores.

Muita coragem política

Para ouvir Caetano Veloso cantando a música “Alegria, Alegria” (Caminhando Contra o Vento, Sem Lenço e Sem Documento), ao lado da banda argentina de rock “The Beat Boys”, no palco do Festival da Canção de 1967, basta clicar no link abaixo:

http://www.youtube.com/v/Gz8UZZ-r-q0?fs=1&hl=pt_BR

PUBLICIDADE

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe