Por pbagora.com.br

Decisão da Justiça Eleitoral determinou que o atual prefeito da cidade de Guarabira,  Marcus Diogo de Lima (PSDB), que é candidato à reeleição, exclua de seus perfis nas redes sociais, as postagens nas quais divulga inaugurações de obras públicas nos últimos três meses.

A ação foi movida após o candidato adversário, Roberto Paulino, acusar Marcus de propaganda irregular divulgando as obras que vem realizando na sua gestão. A divulgação desse tipo de ação está vedada com base nas regras das Eleições 2020 desde o mês de julho.

Em sua decisão, o magistrado argumentou que “”usar sua rede social particular para divulgar publicidade institucional é ação que justifica não a retirada da página do ar, mas a exclusão de todas as postagens que digam respeito a inaugurações de obras públicas ou serviços de gestão. A divulgação de publicidade institucional do município não naquela que seria a página gratuita do ente federativo junto ao FACEBOOK, mas na página pessoal do chefe do executivo, está irregular”.

Ao atual gestor foi dado o prazo de 24h para a remoção das postagens.

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Ex-presidiário é executado a tiros na manhã deste domingo, em JP

Um ex-presidiário que havia deixado a prisão há aproximadamente 40 dias e estava trabalhando como flanelinha, desde então, foi assassinado com três tiros na cabeça, na manhã deste domingo (25),…

Vídeo: major Sidney desafia a Justiça em Sapé e promove carreata

Candidato à prefeitura de Sapé, pelo Podemos, major Sindney mais uma vez desafiou às determinações da justiça e, dessa vez, além de promover carreata pela cidade, prática que está proibida…