A Paraíba o tempo todo  |

Justiça condena candidatos do PMDB por propaganda antecipada

 A Justiça Eleitoral da Paraíba condenou os candidatos do PMDB a deputado federal Veneziano Vital do Rêgo e a senador José Targino Maranhão a multa de R$ 5 mil cada, por propaganda eleitoral antecipada, segundo informou nesta quarta-feira (6) a Procuradoria Regional Eleitoral (PRE-PB). Segundo o coordenador jurídico da coligação Renovação de Verdade, Carlos Fábio, foi impetrado recurso contra a decisão na terça-feira (5).

 

A PRE-PB também recorreu, pedindo a aplicação das multas no valor máximo de R$ 25 mil. O juiz auxiliar do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), José Guedes Cavalcanti Neto, entendeu que a propaganda eleitoral extemporânea aconteceu no período de abril a junho de 2014, em programas do PMDB veiculados no rádio e na televisão, para toda a Paraíba em horários nobres e em dias diversos.

"É possível vislumbrar, com base no conteúdo das inserções veiculadas, uma verdadeira campanha eleitoral antecipada, em torno da massificação dos nomes e das imagens dos pretensos candidatos", destacou. O juiz também considerou o "excesso de mensagens elogiosas e comentários às ações dos ex-gestores e a sua trajetória política" nas inserções da propaganda partidária.

Para o procurador José Godoy Bezerra de Souza, a aplicação da multa mínima "consiste, na verdade, em um estímulo à prática do desvirtuamento da propaganda partidária, pois o valor se mostra irrisório perante a vantagem conseguida".

 

Redação com G1
 

 

 

 

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe