A Vara de Execuções Penais da Justiça fluminense aceitou o pedido de transferência de Eduardo Cunha para o Rio de Janeiro. O ex-deputado federal está preso desde 2016 no Complexo Médico Penal de São José dos Pinhais, no Paraná, por causa de investigações da Operação Lava Jato.

Em 2017, o ex-presidente da Câmara dos Deputados foi condenado a 15 anos e quatro meses de prisão pela 13ª Vara Federal de Curitiba, sob a acusação de ter solicitado propina para exploração da Petrobras em um campo de petróleo na África e ter recebido o valor em uma conta na Suíça.

A pena foi reduzida para 14 anos e seis meses de prisão por decisão do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF).

O advogado de Eduardo Cunha, Rafael Guedes, disse que a transferência ainda depende de decisão da 2ª Vara de Execuções Penais de Curitiba.

 

Agência Brasil

 


Leia mais notícias sobre o mundo jurídico no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Licença curta de titular frustra sonho de suplente assumir mandato na ALPB

Sem afastamento para tratamento de saúde, Manoel Ludgério frustrou as pretensões da primeira dama de Santa Rita e Jane Panta assumir mandato na Assembleia Legislativa da Paraíba. É que o…

Análise – Rompidos, ou não, a verdade é: quem tem cargos no governo está sendo chamado ao palácio para declarar se fica com João ou RC

Se o rompimento político entre João Azevedo e Ricardo Coutinho será contornado, ou não, aí é com Mãe Diná… No mais, a verdade é que – há uma semana –…