O juiz Helder Ronald Rocha de Almeida, titular da comarca de Alhandra e respondendo, interinamente, pela comarca de Caapora, deu provimento a uma medida cautelar, com pedido de liminar, interposta por cinco vereadores de Pitimbu, visando à anulação da eleição que estava programada para escolher a nova Mesa Diretora da Casa, para o biênio 2011/2012.

O atual presidente do Poder, Marcos Aurélio, segundo o vereador Elcias Azevedo, teria forjado uma eleição com o objetivo de reconduzi-lo à presidência da Casa Aluízio Brasileiro, ao final da semana passada.

A sessão que culminou com a eleição, ainda segundo Elcias, ocorreu em meio a imensa confusão, registrando, inclusive, a presença de pessoas alheias ao recinto, algumas delas estando fortemente armadas, tentando intimidar os vereadores da Oposição.

Haverá nova eleição – Em seu despacho, o juiz determinou que o Câmara realize nova eleição, imediatamente, para a ocupação regular dos integrantes da Mesa da Casa, sob pena de o atual presidente ter que arcar com multa, diária, no valor de R$ 5 mil.
 

 

Redação com Ascom

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Veneziano propõe projetos para minimizar efeitos de pandemia no Brasil

Empenhado em ajudar a conter o avanço do novo coronavírus, o Senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB) apresentou dois Projetos de Lei que minimizam os efeitos da Covid 19. O…

Cabo Gilberto bate de frente com orientação de isolamento e cobra reabertura do comércio

Deputado Cabo Gilberto cobra retorno gradativo do comércio em Mangabeira: “Mudem essas ações” Na contramão das recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS) e do próprio Ministério da Saúde, o…