Por pbagora.com.br

Manoel Jr. diz não comprar consciência e chama Zezinho Botafogo de “ventríloquo” do PSB

Após ter o nome citado no imbróglio que envolve as denúncias da falsificação da ata do PSB, por, supostamente ter indicado o secretário Edir Mendonça para a CBTU, o deputado federal Manoel Júnior (PSB) rebateu as acusações e disse que não é de comprar a consciência de ninguém e de tampouco fraudar atas.

Incisivo, o socialista destacou que não iria responder as insinuações do que ele chamou de “ventríloquo” do PSB. “Não vou responder a ventríloquos do partido e também não vou aceitar provocações de quem eu ajudei a se eleger e que hoje, supostamente tem cargos na prefeitura de João Pessoa”, rebateu.

O deputado também ressaltou que Edir Mendonça não foi uma indicação dele e sim do PSB. Conforme o deputado, o nome do advogado recebeu a aprovação de toda a bancada para assumir o cargo, inclusive com o aval do presidente do partido, Ricardo Coutinho.

Júnior também esclareceu que o advogado Edir Mendonça é uma pessoa séria e hoje, sofre retaliações, apenas porque resolveu falar a verdade.

“Edir Mendonça teve a coragem de dizer a verdade, ele é um homem integro, pois em nenhum momento foi feita uma segunda ata com a intenção discriminatória”, ressaltou.

Para Junior, a adulteração da ata adita um texto discriminatório com os parlamentares da Paraíba. “Como é que um partido faz uma ata, discriminando os parlamentares estaduais e federais e vedando qualquer participação no governo, sem ao menos saber da mudança de governo”, disparou.

Enumerando um histórico político sério, Júnior finaliza acrescentando, que durante toda a vida, nunca teve o nome envolvido em fraudes. “Quem me conhece, sabe do meu histórico”, disse.
 

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Confira a agenda dos candidatos à Prefeitura de CG para este sábado

Os candidatos à Prefeitura de Campina Grande participam neste sábado (24) de gravações de guia, visita a apoiadores, gravação para as redes sociais e guia eleitoral, inauguração de comitê, entre…

Opinião: a disputa pela PMJP e a indefinição sobre encarar a cruz do confronto ou apostar na espada das propostas

Faltam pouco mais de 20 dias para a realização das eleições municipais e cada dia é precioso em busca de conquistar novos votos e apoiadores, sobretudo na capital paraibana que…