O deputado federal Julian Lemos, escudeiro do presidente Jair Bolsonaro na campanha Eleitoral, ressaltou em recente entrevista a imprensa, que se mantém favorável às pautas do Governo Federal. No entanto, o parlamentar declarou também que tem coragem para divergir quando julgar necessário e que na condição de dirigente estadual do PSL, vai esconder as estratégias da sigla para o estado de toda forma.

“Eu estou feito um tatu, fazendo o meu, porque qualquer estratégia que a gente revele pode nos complicar, não é nem sigilo, é cuidado mesmo, por isso é melhor nem está falando, porque ainda é cedo para apresentar a definições”, disse Julian.

Segundo Julian, independente da saída do presidente do PSL, o partido vai lançar candidaturas nas principais cidades da Paraíba, nestas eleições. “Estamos trabalhando para isso, é isso que posso adiantar e que serão reveladas no momento certo”, declarou.

 

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Aliados discordam de Cartaxo sobre critérios para escolha de candidato

Ao destacar que João Pessoa não pode voltar ao retrocesso e afirmar que o Partido Verde terá candidatura própria à prefeitura de João Pessoa neste ano, o prefeito da capital…

“Eu não acredito em excessos”, diz Galdino sobre o comportamento dos deputados

Em entrevista a imprensa paraibana o presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, deputado Adriano Galdino (PSB), afirmou que espera dos deputados estaduais o bom senso para que saibam separar o…