Por pbagora.com.br

A senadora Daniella Ribeiro (Progressistas) criticou o gesto que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) fez na Marcha para Jesus, em São Paulo ao defender o decreto das armas.

Na oportunidade, Bolsonaro fez o conhecido sinal de uma arma com as mãos.

Daniella declarou que a Marcha para Jesus não era local para o presidente fazer tal gesto que não condiz com os ensinamentos de Cristo.

“Sou cristã, votei em Bolsonaro no segundo turno, por mais que tente, não consigo entender o que o gesto que o Presidente faz combina com o que Cristo nos deixou como ensinamento. Que pena” disse a senadora.

Por sua vez, o deputado federal Julian Lemos (PSL) rebateu as críticas de Daniella.

“Sou cristão armamentista e compreendo exatamente o símbolo espontâneo do Presidente Jair Bolsonaro, ele não afronta nossa fé, ele apenas não é hipócrita para deixar de ser quem é apenas por está na marcha para Jesus, ou está em uma igreja por exemplo. Tem muita gente que por exemplo está sem fazer sinal de armas é evangélico e pratica os mais absurdos crimes de corrupção e compra de votos, mas o problema é o “sinalzinho” rebateu.

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Minimizando ‘pé de guerra’ RC agradece apoio do PT: “Alegria fraternal”

Minimizando e praticamente ignorando o verdadeiro pé de guerra que a intervenção da Executiva Nacional do PT causou dentro da sigla na Paraíba, ao anunciar apoio ao seu nome e…

Após ser anunciada como vice de RC, Paula Frassinete renuncia

Apenas um dias após ser registrada como companheira de chapa do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) na corrida eleitoral pela Prefeitura Municipal de João Pessoa, a ex-vereadora Paula Frassinete renunciou do…